Esportes olímpicos

Natação: Felipe Lima se classifica para Tóquio e comemora: ‘Vamos com tudo para essa Olimpíada’

Felipe Lima - natação
Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Vai para Tóquio! O atleta do Esporte Clube Pinheiros, Felipe Lima, vai para as Olimpíadas disputar a prova dos 100m peito. Com a marca de 59.43, o nadador que já havia ultrapassado o índice olímpico de 59.93 pela manhã, melhorou sua marca e se tornou o segundo brasileiro classificado na modalidade, o primeiro foi Guilherme Costa nos 400m livre com direito a recorde sul-americano na prova (3:45.85). O medalhista de prata no mundial de 2019 e bronze no mundial de 2013, esperava passar abaixo dos 59s na prova, mas garante que vai melhorar o tempo para os Jogos.

-A gente veio trabalhando para nadar na casa dos 58 segundos. Infelizmente aqui no Brasil nós não temos uma piscina coberta, para a gente não depender da adversidade do tempo. Estava com um pouco de vento, choveu um pouquinho antes da prova. Foi bacana, mas ainda tem coisa para melhorar. Agora é trabalhar forte nisso, os ajustes vão sair. Tenho certeza que esse tipo de erro não vai acontecer mais, então esse 58 vai sair na Olimpíada com certeza – disse frustrado, o atleta.

+ Confira as vagas olímpicas já garantidas pelo Brasil até o momento

O nadador de 36 anos, foi para os Estados Unidos durante a pandemia para competir no campeonato de natação TYR Pro Swim Series, mas infelizmente o regulamento da competição o impediu de disputá-la. Então, Felipe Lima retornou ao Brasil e se tornou o único classificado para os Jogos Olímpicos de julho na prova que em duas outras ocasiões, 2008 e 2016, ele conquistou o índice olímpico, mas não conseguiu vaga.

-Eu quis ser consistente nessa temporada. Tentei de tudo para conquistar o melhor resultado. Consegui nadar abaixo do índice pela manhã e nadar novamente em tempo mais baixo agora na final. Assim que tem que ser na Olimpíada, tem que nadar forte na eliminatória, a semifinal é como se fosse uma final e entrar entre os oito para estar disputando uma medalha – concluiu Felipe Lima.

Ficaram fora de Tóquio nos 100m peito dois finalistas olímpicos dos Jogos Rio 2016, João Gomes Júnior (5o) e Felipe França (8o). Entretanto, a seletiva olímpica começou na manhã desta segunda-feira (19) e vai até sábado (25), dessa forma o Brasil ainda tem chances de vaga em outras provas da modalidade.

Siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top