Basquete

NBA: Giannis imparável, Grizzlies vencem mais uma e OKC bate os Nets

Foto: Reprodução/Giannis Antetokounmpo Instagram

A bola subiu para cinco jogos na rodada desta quinta-feira (13) na NBA. Os Bucks deram show e atropelaram os Warriors em noite de triplo-duplo de Giannis Antetokounmpo. Sensação do momento, o Memphis Grizzlies venceu os Wolves em um jogão e garantiu a décima primeira vitória seguida. Em Nova York, o OKC não teve dificuldades para bater o Brooklyn Nets, com show de Shai Gilgeous-Alexander, que anotou 33 pontos. Outra surpresa foi o placar elástico em Nova Orleans, onde os Pelicans superaram os Clippers com mais de 20 de diferença. No duelo de meia-noite, o Denver Nuggets passou por cima dos Blazers, sem Lillard, que passou por cirurgia no abdômen e deve ficar pelo menos seis semanas fora. 

MILWAUKEE BUCKS 118 X 99 GOLDEN STATE WARRIORS

Apesar da grande diferença, o placar final de Bucks e Warriors não corresponde ao que foi o jogo. A superioridade foi ainda maior do que os números mostram. Sob o comando de Giannis Antetokounmpo, que anotou um triplo-duplo, e com a volta do treinador Mike Budenholzer, os atuais campeões da NBA atropelaram os vice-líderes do Oeste. A vantagem chegou aos 39 pontos e o primeiro tempo terminou com um placar avassalador: 77×38. Khris Middleton e Bobby Portis também marcaram mais de 20 pontos e contribuíram para o show da franquia de Milwaukee, que teve um grande aproveitamento nos arremessos de quadra.

O Golden State foi irreconhecível em quadra desde o início. Time com menos pontos sofridos por jogo na liga e ótimo aproveitamento de três, os visitantes erraram muito e sentiram a falta de Draymond Green, peça fundamental no esquema defensivo. Antetokounmpo dominou o garrafão na defesa e no ataque, anotou os primeiros oito tentos dos Bucks e ditou o ritmo na etapa inicial, com 23 pontos e 75% de aproveitamento nos arremessos de quadra. Middleton também estava quente e só errou uma cesta em nove tentativas, com 100% em duas do perímetro. Outro destaque da noite, Portis anotou uma linda bola tripla para garantir a vantagem de 39 pontos no último lance antes do intervalo.

No segundo tempo, os Bucks descansaram os titulares e só precisaram administrar a vantagem. O time da casa diminuiu o ritmo e, quando a diferença caiu para 18, colocou as estrelas na quadra para acabar com o jogo. Em uma noite para esquecer, os Warriors só chegaram à marca dos 50 pontos na metade do terceiro quarto. Apagados, Curry e Klay Thompson fizeram menos de 15 na noite. Além do péssimo desempenho nas bolas de três, a franquia de San Francisco terminou com um aproveitamento assustador de 34,7% nos arremessos de quadra. O cestinha da equipe foi Andrew Wiggins, com 16 na conta. 

Os Bucks seguem em quarto lugar no Leste e ganham muita moral com o triunfo em cima do time de segunda melhor campanha na temporada. A equipe venceu 27 dos 44 jogos até o momento e recebe o Toronto Raptors, na noite de sábado (15), para seguir na busca do mando de quadra nos Playoffs. Já os Warriors permanecem em segundo no Oeste, com uma série de 30 vitórias e 11 derrotas, e enfrentam mais uma pedreira na noite desta sexta (14). Contra o Chicago Bulls, líder da Conferência Leste, a equipe tenta voltar a ganhar depois de dois resultados negativos.

DESTAQUES DA PARTIDA:

Milwaukee Bucks: Giannis Antetokounmpo (30 pontos, 12 rebotes, 11 assistências e 3 tocos), Khris Middleton (23 pontos, 5 rebotes, 7 assistências e 5/7 de 3 pts) e Bobby Portis (20 pontos, 7 rebotes e  4/7 de 3 pts)

Golden State Warriors: Andrew Wiggins (16 pontos e 2 rebotes), Stephen Curry (12 pontos, 8 rebotes e 4 assistências) e Jonathan Kuminga (15 pontos e 7 rebotes)

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

MEMPHIS GRIZZLIES 116 X 108 MINNESOTA TIMBERWOLVES

A sensação do momento na NBA venceu a décima primeira partida consecutiva e deu mais uma prova de que pode brigar por coisas grandes nesta temporada. Em um duelo disputado ponto a ponto, com nove trocas de liderança, os Grizzlies superaram os Wolves dentro de casa. Ja Morant foi decisivo na reta final e ficou perto de alcançar um triplo-duplo, mas o nome da noite foi John Konchar. O ala-armador fechou o confronto com 17 rebotes, recorde de sua carreira, além de 15 pontos e 85,7% de aproveitamento nos arremessos de quadra. Apesar da derrota, Anthony Edwards foi o cestinha da noite com 30 pontos, em mais uma grande atuação. Ele, Karl Anthony-Towns e D’Angelo Russell somaram 84 para os Wolves.

O jogo no FedExForum foi movimentado do começo ao fim. Com ótimo aproveitamento nos arremessos de quadra e Edwards e Russell quentes do perímetro, os Wolves tiveram a liderança no quarto inicial. No segundo período, os Grizzlies chegaram a virar, mas os visitantes apertaram a marcação e foram para o intervalo com sete pontos de vantagem. No início da etapa final, a tônica era a mesma: o Memphis encostava e o Minnesota respondia. Até que a estrela de Ja Morant resolveu brilhar. No final do terceiro quarto, o armador chamou a responsa e foi fundamental na criação, além de mostrar muita qualidade partindo para dentro da defesa adversária, com 11 pontos. Os anfitriões viraram o placar e foram para o período decisivo na frente.

A reta final continuou lá e cá, com trocas de liderança e muita intensidade. No entanto, os Wolves tiveram uma queda em sua principal arma: as bolas de longa distância. Já os Grizzlies viram Desmond Bane bater seu recorde de roubadas de bola na carreira, com quatro, e contaram com o motorzinho John Konchar para decidir o duelo. Além dos 14 rebotes defensivos, ele matou a bola de três que abriu seis pontos de vantagem com um minuto no relógio e sacramentou a vitória do time da casa. Os visitantes ainda tiveram a chance de reagir, mas Karl Anthony-Towns cometeu sua terceira falta no último quarto e desperdiçou a oportunidade.

Com o resultado positivo, os Grizzlies garantiram a trigésima vitória em 44 jogos e seguem em terceiro lugar no Oeste. A equipe recebe o Dallas Mavericks, na noite desta sexta (14), e busca aumentar a série invicta. Enquanto isso, os Wolves permanecem na nona colocação, com aproveitamento abaixo de 50%. São 20 triunfos e 22 derrotas. O próximo compromisso é diante dos Warriors, em casa, na noite deste domingo (16).

DESTAQUES DA PARTIDA:

Memphis Grizzlies: John Konchar (15 pontos, 17 rebotes, 3 assistências e 6/7 nos arremessos), Ja Morant (16 pontos, 8 rebotes e 9 assistências), Desmond Bane (21 pontos, 3 rebotes e 4 roubadas de bola) e Jaren Jackson Jr. (20 pontos, 5 rebotes e 5 tocos)

Minnesota Timberwolves: Anthony Edwards (30 pontos, 4 assistências e 5/11 de 3 pts), D’Angelo Russell (29 pontos, 6 assistências e 6/11 de 3 pts) e Karl Anthony Towns (25 pontos, 9 rebotes e 2 tocos)

BROOKLYN NETS 109 X 130 OKLAHOMA CITY THUNDER

Um dia depois de atropelar os Bulls, o Brooklyn Nets entrou em quadra pela quarta vez em cinco dias e foi derrotado pelo OKC dentro de casa. Sem Durant e Patty Mills, poupados; Kyrie Irving, proibido de jogar em Nova York por não ter se vacinado; e ainda sem Nic Claxton, LaMarcus Aldridge e Joe Harris, lesionados, a responsabilidade ficou nas mãos de James Harden. Apesar da boa atuação do armador, os visitantes dominaram a partida e contaram com o brilho de Shai Gilgeous-Alexander, cestinha da noite com 33 pontos, e Lu Dort, que anotou 27. SGA ainda pegou 10 rebotes e ficou a uma assistência do triplo-duplo.

O início do confronto foi marcado por uma sequência incrível de Shai. O OKC perdia por 11×9, até que o armador engatou 16 pontos consecutivos, virou o jogo e ainda abriu uma boa vantagem. A partir daí, a equipe não perdeu mais a liderança. A diferença chegou aos 22 pontos no terceiro quarto, mas os Nets equilibraram as ações com boa participação do novato Cam Thomas e diminuíram para oito no início do último período. Apesar da reação, os visitantes não deixaram o time da casa encostar, ampliaram novamente o placar e administraram o resultado na reta final.

Foi a primeira vitória da franquia de Oklahoma no ano de 2022. A equipe carrega a marca de sete triunfos seguidos em Nova York e não perde na cidade desde dezembro de 2017. Com o décimo quarto resultado positivo em 41 jogos, o OKC amarga a penúltima colocação da Conferência Oeste. O próximo confronto é na noite de sábado (15), em casa, contra os Cavs. Já os Nets caíram para o terceiro lugar do Leste com a derrota, em uma série de 26v-15d. O time recebe os Pelicans, também na noite de sábado.

DESTAQUES DA PARTIDA:

Brooklyn Nets: James Harden (26 pontos, 7 rebotes, 9 assistências, 3 tocos e 3 roubadas de bola) e Cam Thomas (21 pontos e 3 rebotes)

Oklahoma City Thunder: Shai Gilgeous-Alexander (33 pontos, 10 rebotes, 9 assistências e 2 tocos), Lu Dort (27 pontos, 2 assistências e 6/10 de 3 pts) e Josh Giddey (19 pontos, 3 rebotes e 7 assistências)

OUTROS JOGOS DA RODADA:

DENVER NUGGETS 140 X 108 PORTLAND TRAIL BLAZERS

NEW ORLEANS PELICANS 113 X 89 LOS ANGELES CLIPPERS

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top