Basquete

NBA: Segunda-feira tem vitórias de Toronto, Miami Heat e Los Angeles

(Créditos: Divulgação/NBA)

O fim da rodada da noite de segunda-feira (10) foi reservado para grandes confrontos, tanto no leste, quanto no oeste. Numa antecipação de uma possível final, Toronto bateu Milwaukee, que não contou com Giannis Antetokounmpo em quadra. Abaixo você confere um resumo das partidas realizadas.

Sem Giannis, Milwaukee é derrotado pelo Toronto Raptors

Nos últimos anos tornou-se quase impossível dissociar o Milwaukee da sua estrela Giannis Antetokounmpo. E nesta segunda-feira, os Bucks não puderam contar com o grego e acabou sendo derrotado pelo Toronto Raptors, atual campeão e rival direto na briga por uma vaga na final da NBA, por 114 a 106.

Ambos os times foram à quadra com desfalques: Giannis era o principal de Milwaukee e Toronto não contou com Serge Ibaka. Os técnicos aproveitaram para dar minutos aos jogadores de seus bancos, e pelo lado dos Raptors, a estratégia deu muito certo. Chris Boucher foi o cestinha da partida com 25 pontos e 11 rebotes, sendo um nome de destaque para a franquia do Canadá. Matt Thomas, com 22, também foi um fator importante.

Pelo lado de Milwaukee, a expectativa ficou em cima do jogo coletivo e de Khris Middleton. O ala-armador não foi tão dominante quanto esperava, mas foi consistente ao contribuir com 17 pontos. O experiente arremessador Kyle Korver, vindo do banco, foi o cestinha da equipe dos Bucks com 19 pontos.

A derrota não abala a colocação dos Bucks na conferência leste, que já garantiram a primeira posição com um recorde de 55-16. Porém, liga um sinal de alerta para equipe de Giannis, visto que é o quarto resultado negativo em seis jogos na “bolha”. A equipe volta à quadra nesta terça-feira (11) e terá pela frente o Washington Wizards, time já eliminado na temporada, às 22h (horário de Brasília).

Os Raptors confirmaram a boa fase na “bolha” da NBA e alcançaram a quinta vitória em seis jogos desde a retomada. Com um recorde de 51-19, os atuais campeões já garantiram a segunda colocação no leste e devem enfrentar o Brooklyn Nets nos playoffs. Enquanto a fase decisiva não chega, a franquia canadense volta às quadras na quarta-feira para encarar o Philadelphia 76ers, às 19h30 (horário de Brasília).

No duelo pelo quarto lugar, Miami leva a melhor sobre Indiana

https://twitter.com/MiamiHEAT/status/1293009628444467200?s=19

Duas equipes garantidas nos playoffs, Miami e Indiana deram uma amostra do que será o provável confronto entre as equipes que ocupam o quarto e o quinto lugares no Leste. E quem levou a melhor foi Heat, ao bater os Pacers por 114 a 92 na noite desta-segunda-feira.

Retornando após ficar de fora do último jogo, Jimmy Butler foi o principal nome em uma atuação coletiva espetacular do Miami. O ala foi o cestinha da equipe com 19 pontos, 12 rebotes e cinco assistências. Mas a equipe como um todo teve um bom jogo. Ao menos sete jogadores marcarem pelo menos dez pontos na partida.

Pelo lado de Indiana, a equipe como um todo teve uma noite para esquecer e se lembrar de não repetir nos playoffs. Nem mesmo o embalado T.J. Warren, que vem tendo atuações espetaculares na retomada da temporada, teve um bom jogo. O ala marcou apenas 12 pontos na partida, dois a menos que Oladipo, cestinha dos Pacers na partida.

A vitória desta segunda-feira mantém o Miami Heat com a quarta colocação no leste, com um recorde de 44-27. A franquia da Flórida volta às quadras na quarta-feira (12) e terá um duelo importante contra o Oklahoma City Thunder, às 21h (horário de Brasília).

Já o Indiana se mantém na quinta colocação do Leste com um recorde de 43-28. Apesar de confortáveis e classificados, os Pacers ainda podem perder a posição para o Philadelphia 76ers, que estão um jogo atrás. Para impedir a perda desta posição, a franquia azul e amarela volta às quadras na quarta-feira e terá pela frente o Houston Rockets, às 17h (horário de Brasília).

LeBron desencanta na bolha e garante vitória dos Lakers

Um dos candidatos a MVP da temporada, LeBron James ainda devia uma atuação destacada desde a retomada dos jogos. E nesta segunda-feira, o camisa 23 voltou a exibir a qualidade que lhe é particular e foi um dos destaques na vitória emocionante do Los Angeles Lakers por 124 a 121 sobre o Denver Nuggets.

LeBron contribuiu com 29 pontos e 12 assistências. Mas o camisa 23 esteve bem acompanhado e teve ajudas cruciais de Anthony Davis, com 27 pontos, seis rebotes e cinco assistências. Mas a atuação mais decisiva foi de Kyle Kuzma, que acertou um arremesso de três pontos no último segundo da partida, garantindo a vitória dos Lakers e coroando a atuação de 25 anotações e seis rebotes.

Pelo lado de Denver, o tão conhecido jogo coletivo mais uma vez foi a tônica da partida. Em uma noite apagada para os seus padrões, Nikola Jokic foi discreto com 12 pontos e apenas quatro assistências. O cestinha da equipe dos Nuggets foi P.J. Dozier com 18 pontos. Destaque positivo para atuação do time que teve ao menos oito jogadores pontuando em dois dígitos.

Já com a primeira colocação garantida, os Los Angeles Lakers chegam 52 vitórias e 18 derrotas na temporada e ficam no aguardo do seu adversário nos playoffs. Mas antes disso, a franquia da Califórnia volta às quadras para enfrentar o Sacramento Kings, na quinta-feira, às 14h30 (horário de Brasília).

O Denver se mantém na terceira colocação do Oeste com 46 vitórias e 25 derrotas e ainda vê seu lugar ameaçado pelo Houston Rockets. Para garantir de vez sua posição e possivelmente enfrentar o Utah Jazz nos playoffs, os Nuggets voltam às quadras e terão pela frente outro time de Los Angeles, desta vez os Clippers, nesta terça-feira, às 22h (horário de Brasília).

Siga os perfis do Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

3 Comments

3 Comments

  1. Pingback: Em homenagem a Kobe Bryant, Nike cria ‘Semana do Mamba’

  2. Pingback: Primeira rodada dos playoffs começa com vitórias de Denver e Toronto

  3. Pingback: Playoffs da NBA: Magic e Heat vencem e saem na frente na série

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top