Vasco

Negociação ou apenas um almoço? ENM apura encontro de Alex Teixeira com Pássaro e detalha situação do atacante

Foto: Instagram

Uma publicação feita por Alex Teixeira em seu Instagram causou um grande alvoroço entre os vascaínos. O atacante postou uma foto em uma churrascaria na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, ao lado do diretor executivo de futebol, Alexandre Pássaro, do gerente Fabiano Lunz e do volante Souza, que também é cria de São Januário.

A foto se espalhou rapidamente causando diversas especulações sobre um possível retorno de Alex Teixeira ao Vasco. O atacante está sem clube desde fevereiro quando saiu do Jiangsu Suning, da China. O Esporte News Mundo foi apurar sobre o encontro que, a princípio, não passou de um almoço entre amigos.

Alexandre Pássaro e Alex Teixeira são vizinhos e possuem uma boa relação. Quem revelou isso foi o próprio dirigente, em entrevista coletiva no dia 20 de abril. Na ocasião, o diretor afirmou que as portas do Vasco estariam sempre abertas, mas que era impossível competir com o futebol europeu, que é o foco do atacante.

“O Alex Teixeira está livre, ele tem desejo de esperar uma coisa no meio do ano, coisas que podem surgir da Europa. Mas o Alex é meu vizinho de porta. Ele sabe que qualquer interesse de voltar para a casa dele é literalmente só atravessar a rua. Mas não podemos criar expectativas, desalinhar as expectativas e achar que podemos concorrer com o mercado que ele está esperando. Agora, se em algum momento, tanto ele, quanto os outros jogadores, tiverem interesse em vestir a camisa do Vasco, é claro, se couber dentro do nosso projeto, a gente vai ter o maior desejo em realizar”.

Portanto, de acordo com Alexandre Pássaro, não há possibilidade de contratação, desde que seja da vontade de Alex Teixeira. Outro ponto que reforça o encontro como um simples almoço é o perfil do dirigente, que costuma ser sempre sigiloso nas negociações.

Nos bastidores de São Januário, a chegada de Alex Teixeira é encarada como impossível, não só pela concorrência de clubes europeus, mas também dos rivais brasileiros. O atacante esteve na mira do Grêmio e essa questão foi confirmada pelo empresário do jogador, Júnior Mendoza, no início do mês.

“Se não confirmar nada nas próximas duas semanas (proposta da Europa), não descarto a possibilidade dele fechar com o Grêmio”.

Três semanas se passaram após a declaração do empresário e Alex Teixeira segue disponível no mercado. Porém ainda aguardando propostas da Europa, como revelou recentemente o vice-presidente do Grêmio, Marcos Herrmann, ao Instagram Gremistas de Nascimento.

“Ele (Alex Teixeira) não quer voltar para o Brasil, quer ganhar em euro. Não adianta a gente criar ilusões. O Grêmio inclusive perguntou para ele. Ele quer ficar na Europa, ganhar em euro e ficar rico. Não tem como. Mas é muito bom jogador”

Alex Teixeira tem 31 anos e entende que possui condições de jogar em um bom nível na Europa. A competitividade é um fator que está à frente da questão financeira, já que o atacante fez grande fortuna atuando na China, onde ganhava em média R$ 50 milhões por temporada.

Paralelamente ao desejo esportivo, existe o sonho de Alex Teixeira em retornar ao Vasco. Para as pessoas próximas do jogador, isso é questão de tempo, mas dificilmente acontecerá agora. Resta ao vascaíno torcer para estarem errados ou aguardar pacientemente o retorno da cria de São Januário, que ao todo disputou 92 jogos pelo Cruz-Maltino e marcou 12 gols.

Alex Teixeira ainda utilizou um emoji que lembra a cruz de malta e é bastante usado por torcedores (Foto: Instagram)

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top