Palmeiras

Neto, sobre Abel Ferreira: “O time não tem uma identidade. Quem são os 11 titulares?”

Neto Abel Ferreira
Foto: Reprodução/Band

O apresentador da Band, Neto, comentou no programa Os Donos da Bola desta terça-feira (10), que o Palmeiras de Abel Ferreira tem um problema a ser resolvido. Segundo o ex-jogador, o time não tem uma identidade, sem ter um 11 inicial bem definido na mente da torcida.

“Esse é o grande problema do Abel Ferreira. O Palmeiras não tem uma identidade. Tem um elenco muito forte, o time chega muito, mas se você colocar: quem são os 11 titulares? O torcedor não sabe. Quem vai entrar? Você não sabe. A gente cobra muito isso dele, tanto que a torcida fez um manifesto.”

O manifesto a que ele se refere diz a respeito a uma carta que foi divulgada pela torcida Mancha Alviverde nesta segunda-feira (9), com o título “Acorda!”. O sentido da carta seria mostrar que o time e os atletas tem potencial, mas, para jogarem o que sabem, precisam “acordar”. Diferentemente do manifesto divulgado no último sábado (7), agora, as palavras ditas foram em tom de enaltecer o que os jogadores já fizerem e em apoiá-los para um dos Choque-Rei mais esperados da história.

No sábado, após a derrota de 3 a 2 para o Fortaleza, no Allianz Parque, pelo Brasileirão, a torcida organizada declarou que àquela era uma “derrota inadmissível”. Na sequência, escreveu: O Palmeiras teve uma semana inteira para treinar e apresentou hoje um futebol horrível, pífio e lamentável. Acorda, Abel! Ganhar terça-feira é obrigação!”

Com relação ao comentário de Neto, o técnico português realmente vem tendo problemas para repetir suas escalações. Houve um longo período sem o goleiro Weverton, o zagueiro Gustavo Gómez e o então lateral-esquerdo do clube, Matías Viña (hoje, jogador da Roma-ITA). Além disso, Dudu chegou no começo de julho, e precisou de um tempo para pegar ritmo de jogo, e Rony e Luiz Adriano, que eram titulares absolutos no início da temporada, ficaram muito tempo no departamento médico.

A última vez que Rony entrou em campo foi há mais de um mês, na vitória por 2 a 0 diante do Grêmio, em 7 de julho, pela 10ª rodada do Brasileirão. O segundo maior artilheiro do clube na história da Libertadores teve uma lesão no adutor da coxa esquerda. No último sábado, voltou a ser relacionado, mas ficou os 90 minutos no banco de reservas.

Leia também:

+Antes de clássico, Abel Ferreira tem conversa particular com trio de atacantes; Confira

Já o centroavante alviverde ficou 38 dias sem ser relacionado, devido a um edema no joelho direito. Voltou a jogar no último jogo contra o Fortaleza, tendo entrado no lugar de Raphael Veiga aos 28 minutos do segundo tempo. Antes disso, seu último jogo havia sido na vitória por 3 a 2 contra o Bahia, em 27 de junho, no Allianz Parque. Três dias depois, permaneceu os 90 minutos no banco, na vitória sobre o Internacional, em Porto Alegre.

Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Agora, para o clássico desta noite diante do São Paulo, pelas quartas-de-final da Libertadores da América, Abel Ferreira terá praticamente o elenco inteiro à disposição. Só o recém-contratado, Jorge, que ainda está fazendo um trabalho de transição física, após ter passado por uma cirurgia em 2020. Assim, poderá escalar aquilo que pensa ser o time ideal. A bola rola às 21h30, no Estádio do Morumbi, pela partida de ida do confronto.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top