Futebol americano

NFL: As possibilidades das equipes da AFC Leste para a temporada

AFC Leste (Créditos: Montagem/Esporte News Mundo)
AFC Leste (Créditos: Montagem/Esporte News Mundo)

A nova temporada da NFL está quase começando, e 2020 promete ser um ano atípico para a liga. Sem estádios cheios, a situação das equipes em busca de uma vitória pode mudar bastante em lugares conhecidos pelo forte barulho. Pensando nisso, o Esporte News Mundo traz uma série de previsões de cada divisão do campeonato e aonde cada equipe pode chegar.

Nesta análise, você poderá conferir como cada equipe da AFC Leste chega para esta temporada, o calendário e os prováveis resultados na NFL em 2020.

+ Os cenários das equipes da AFC Norte para a temporada de 2020 da NFL
+ As possibilidades das equipes da AFC Sul para a temporada de 2020 da NFL

New England Patriots

(Créditos: Divulgação/New England Patriots)

Campeão da divisão em 17 das últimas 19 temporadas, o presente e o futuro do New England Patriots ainda são uma incógnita, já que a franquia perdeu Tom Brady para o Tampa Bay Buccaneers. Considerado por muitos o maior jogador de todos os tempos, o quarterback era a cara da equipe, e pegou a todos de surpresa com a saída do time após seis anéis de Super Bowl.

Para o lugar de Brady, Bill Belichick contratou Cam Newton, dispensado pelo Carolina Panthers após ter perdido praticamente a temporada de 2019 por completo, por conta de uma fratura no pé. A chegada de “Super Cam” indica uma mudança brusca no sistema ofensivo. Fisicamente, o camisa 1 é muito mais privilegiado do que Tom Brady, e possui mobilidade para sair do pocket e confundir defesas em chamadas de play action. Entretanto, é preciso saber como o quarterback vai retornar após a lesão da última temporada.

Calendário dos Patriots

Por ter sido campeão da divisão na última temporada, os Patriots possuem um calendário complicado. Além de enfrentar a forte defesa dos Bills duas vezes, a equipe ainda joga contra Ravens, Texans e Chiefs, que conquistaram a AFC Norte, a AFC Sul e a AFC Oeste, respeticavamente. Fora isso, ainda há confrontos contra 49ers e Seahawks, além de duas partidas contra os Dolphins, empolgados pela chegada do calouro Tua Tagovailoa.

Dolphins (C), Seahawks (F), Raiders (C), Chiefs (F), Broncos (C), 49ers (C), Bills (F), Jets (F), Ravens (C), Texans (F), Cardinals (C), Chargers (F), Rams (F), Dolphins (F), Bills (C) e Jets (C).

Melhor cenário: 11-5

Cam Newton recupera o desempenho que lhe rendeu o prêmio de MVP em 2015, a defesa segue sendo a melhor em jardas cedidas na temporada, mesmo com Dont’a Hightower escolhendo ficar fora do campeonato devido à pandemia do coronavírus, os Patriots dominam novamente a divisão e Bill Belichik leva a franquia a mais um playoff.

Pior cenário: 6-10

A recuperação de Cam Newton não acontece como esperado e o quarterback não consegue ter um bom desempenho na temporada. A defesa, apesar de contar com peças de alto nível, como Stephon Gilmore, sente falta de Hightower e Bill Belichik fica fora dos playoffs, fato que não acontece desde 2008.

Buffalo Bills

(Photo by Christian Petersen/Getty Images)

Sem conquistar a AFC Leste desde 1995, o Buffalo Bills tem a grande chance de ser a melhor equipe da divisão. Sem Tom Brady nos Patriots, o domínio da franquia de New England pode estar com os dias contados, e os Bills são os principais candidatos a tomarem o posto hoje ocupado pelo time comandado por Bill Belichik. O bom trabalho na temporada de 2019 indica que o futuro é promissor.

A defesa é o principal destaque da equipe. Na última temporada, a equipe foi a terceira que menos cedeu jardas e a segunda que menos sofreu pontos entre os 32 times. A secundária, que já contava com nomes importantes, como Micah Hyde, Jordan Poyer e Tre’Davious White, ainda ganhou o reforço de Josh Norman, cornerback ex-Washigton Redskins, atual Washington Football Team. Além disso, o ataque agora conta com o wide receiver Stefon Diggs, ex-Minnesota Vikings.

Calendário do Buffalo Bills

Assim como o New England Patriots, os Bills também vão enfrentar o Kansas City Chiefs e o San Francisco 49ers, campeão e vice-campeão da última temporada, respectivamente. Mas o calendário do time de Buffalo está menos pesado do que o do rival. Seattle Seahawks, em casa, e Tennesee Titans, fora, são os confrontos mais complicados, além dos dois jogos contra os Patriots na divisão.

Jets (C), Dolphins (F), Rams (C), Raiders (F), Titans (F), Chiefs (C), Jets (F), Patriots (C), Seahawks (C), Cardinals (F), Chargers (C), 49ers (F), Steelers (C), Broncos (F), Patriots (F) e Dolphins (C).

Melhor cenário: 11-5

Josh Allen assume de vez a responsabilidade de Franchise Player e capitão, Stefon Diggs cai como uma luva para o quarterback, a defesa segue sendo uma das melhores da liga e o Buffalo Bills consegue, enfim, reconquistar a AFC Leste. A equipe entra nos playoffs como uma das favoritas ao título da conferência.

Pior cenário: 9-7

O pior dos cenários não é de terra arrasada. A consistência defensiva da equipe pode vencer jogos importantes para os Bills. Mesmo com Josh Allen oscilando na terceira temporada na NFL, o quarterback consegue fazer boas partidas, se utilizando também do talento que tem com as pernas, e a franquia avança para os playoffs com uma vaga no wildcard.

Miami Dolphins

(Créditos: Michael Reaves/Getty Images)

Será que o Miami Dolphins finalmente vai voltar a dar esperanças ao torcedor? A resposta dessa pergunta vai passar muito pelo desenvolvimento de Tua Taigovaloa na liga. Campeão universitário e MVP da final em 2017 pela Universidade de Alabama, o quarterback foi a quinta escolha geral do último Draft. Considerado um dos melhores prospectos dos últimos anos, o camisa 1 acabou encerrando a última temporada no College de maneira antecipada, quando sofreu uma lesão no quadril. Mesmo 100% recuperado, ainda há uma interrogação em relação ao que será entregue pelo calouro.

Os Dolphins conseguiram fazer boas adições ao elenco durante a offseason. Na defesa, a equipe contratou o defensive end Shaq Lawson, ex-Buffalo Bills, o linebacker Kyle Van Noy, ex-New England Patriots, e o cornerback Byron Jones, ex-Dallas Cowboys. Para o ataque, a franquia foi atrás do running back Jordan Howard, ex-Philadelphia Eagles. E além de Tagovailoa, a equipe ainda escolheu outros dois jogadores na primeira rodada do último Draft: Austin Jackson, offensive tackle de USC, e Noah Igbinoghene, cornerback de Auburn.

Calendário do Miami Dolphins

O início da temporada do Miami Dolphins é extremamente complicado. A possibilidade de começar 0-5 é real e isso pode ser determinante para desestabilizar a moral do elenco. Entretanto, se o grupo sair desses primeiros jogos positivo, a confiança vai lá para o alto e a equipe tem tudo para embalar nas partidas seguintes, que apresentam adversários menos complicados. Destaque para a semana 13, quando haverá o embate entre os calouros Tua Tagovailoa e Joe Burrow, quarterback do Cincinnati Bengals.

Patriots (F), Bills (C), Jaguars (F), Seahawks (C), 49ers (F), Broncos (F), Chargers (C), Rams (C), Cardinals (F), Jets (C), Jets (F), Bengals (C), Chiefs (C), Patriots (C), Raiders (F) e Bills (F).

Melhor cenário: 9-7

Tua Taigovaloa tem um primeiro ano consistente na liga, a defesa se acerta com as adições e a equipe começa a demonstrar uma evolução para os próximos anos. Após uma sequência de cinco jogos complicados, o time consegue engatar uma boa sequência até a bye week (11) e disputa uma posição no wildcard.

Pior cenário: 5-11

A equipe tem uma sequência de seis derrotas seguidas no início da temporada, a moral da equipe afunda, Tua tem dificuldades para se firmar na liga, até pela questão física que é uma incógnita, e a equipe decepciona a torcida mais uma vez.

New York Jets

(Créditos: Andy Lyons/Getty Images)

A temporada do New York Jets não parece nada promissora. Os torcedores devem se contentar, mais uma vez, em ver o time apenas disputando umas das primeiras posições no próximo Draft. O ponto alto da equipe, que era a defesa, sofreu uma perda gigante. Jamal Adams, um dos melhores jogadores de secundária da liga, decidiu deixar a franquia e foi para o Seattle Seahawks. Além disso, o linebacker C.J. Mosley, que foi contratado no ano passado após passagem pelo Baltimore Ravens e sofreu uma lesão na virilha que o limitou a apenas duas partidas, decidiu ficar de fora do campeonato por conta da pandemia do coronavírus.

Se já não bastasse isso, há ainda a incerteza em relação a Sam Darnold. Indo para o terceiro ano na NFL, o quarterback já demonstrou que tem talento e pode ser o titular da posição nos Jets por um longo tempo. Entretanto, a inconsistência também é uma marca do jogador. O camisa 14 precisa mostrar uma regularidade e se tornar de vez o Franchise Player que a equipe tanto espera.

Calendário do New York Jets

Os Jets não terão vida fácil na próxima temporada da NFL. Os seis jogos da divisão prometem ser muito duros pra equipe. Além disso, a equipe ainda tem os Chiefs e os Seahawks fora de casa, e os 49ers em casa. Para conseguir uma boa campanha, que faça o torcedor sonhar com playoffs, a franquia de Nova Iorque vai precisar fazer das tripas coração.

Bills (F), 49ers (C), Colts (F), Broncos (C), Cardinals (C), Chargers (F), Bills (C), Chiefs (F), Patriots (C), Dolphins (F), Dolphins (C), Raiders (C), Seahawks (F), Rams (F), Browns (C) e Patriots (F).

Melhor cenário: 8-8

Apesar de Sam Darnold mostrar que é um dos nomes que irão construir o futuro da liga, e Le’Veon Bell voltar a ser um dos melhores running backs da NFL, o desempenho da defesa deixa a desejar, principalmente pela perda de Jamal Adams. Mesmo com o esforço do sistema ofensivo, a velha máxima “ataques ganham jogos, defesas campeonatos” se faz presente e os Jets ficam no limite para conseguir uma vaga no wildcard.

Pior cenário: 3-13

O futuro de Sam Darnold como um possível quarterback titular na NFL é questionado após uma temporada muito abaixo das expectativas. Le’Veon Bell até tenta carregar o sistema ofensivo, com o apoio do veterano Frank Gore, mas o jogo corrido passa a ser previsível e anulado pelos adversários. A defesa sente muito as faltas de Jamal Adams e C.J. Mosley. No fim do campeonato, a franquia fica com a primeira escolha do próximo Draft.

Concorda com os palpites do Esporte News Mundo? Deixe o seu comentário! Aproveite e siga o ENM no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top