Futebol americano

NFL: As possibilidades das equipes da NFC Sul para a temporada 2020

(Montagem/Esporte News Mundo)
— Continua depois da publicidade —

A nova temporada da NFL está perto de seu início, e 2020 promete ser um ano atípico para a liga. Sem estádios cheios devido à pandemia do novo coronavírus, a situação das equipes em busca de uma vitória pode mudar bastante em lugares conhecidos pelo forte barulho. Pensando nisso, o Esporte News Mundo traz uma série de previsões de cada divisão do campeonato e aonde cada equipe pode chegar.

Nesta análise, você poderá conferir como cada equipe da NFC Sul chega para esta temporada, o calendário e os prováveis resultados na NFL em 2020.

Vale reforçar que a NFL volta nesta quinta-feira (10), às 21h30 (de Brasília), com o jogo entre Kansas City Chiefs, de Patrick Mahomes, e Houston Texans, de Deshaun Watson.

+ Os cenários das equipes da AFC Norte para a temporada de 2020 da NFL
+ As possibilidades das equipes da AFC Sul para a temporada de 2020 da NFL
+ As possibilidades das equipes da AFC Leste para a temporada
+ As possibilidades das equipes da AFC Oeste para a temporada de 2020 da NFL
+ NFL: As possibilidades das equipes da NFC Norte para a temporada

+NFL: As possibilidades das equipes da NFC Leste para a temporada 2020
+ Os cenários das equipes da NFC Oeste para a temporada de 2020 da NFL

TAMPA BAY BUCCANEERS

A maior expectativa para a temporada 2020 da NFL é ver como será o desempenho do Tampa Bay Buccaneers. O time foi forte ao mercado e adicionou um dos maiores nomes da história da liga, para muitos o maior de todos, Tom Brady. Aos 43 anos, o experiente quarterback deixou New England após 20 temporadas para uma nova aventura, e dá sinais que, apesar da idade, tem muito a mostrar. E a contratação do camisa 12 motivou seu antigo e fiel companheiro, Rob Gronkowski, a sair da aposentadoria e reforçar a franquia da Flórida.

Após 20 temporadas no New England, Brady assume o desafio de liderar o Tampa Bay Buccaneers (Douglas P. DeFelice/Getty Images)

O hype é alto com o time de Tampa, não só pela chegada de Brady, mas pelas peças ofensivas que ele terá para trabalhar. Mike Evans e Chris Godwin serão alvos maravilhosos para que o QB possa explorar ao máximo. E ele provavelmente terá bastantes oportunidades, visto que o jogo terrestre conta com dois excepcionais RB, LeSean McCoy e Leonard Fournette.

Análise do calendário

Apesar da grande expectativa em cima de Tampa, o desafio não será tão simples, se formos analisar o calendário da equipe. Dentro da própria divisão, os Bucs têm dois confrontos contra Saints e Panthers, cada um. Além disto, enfrenta Green Bay Packers, Chargers, Bears, Rams e Chiefs. A chance de uma boa temporada passa por uma rápida adaptação e boas atuações da equipe.

Saints (F), Panthers (C), Broncos (F), Chargers (C), Bears (F), Packers (C), Raiders (F), Giants (F), Saints (C), Panthers (F), Rams (C), Chiefs (C), Vikings (C), Falcons (F), Lions (F), Falcons (C)

MELHOR CENÁRIO: 12-4

Caso Tom Brady mantenha o nível apresentado em 20 anos de New England, que resultaram em seis anéis de campeão da NFL, Tampa vem para brigar pela divisão e para ser bicampeão da liga. O ataque do time da Flórida reúne diversas estrelas, como Mike Evans e Chris Goodwin, dois dos melhores WR da liga. Adicione a isto o retorno de Rob Gronkowski. O TE já foi um dos mais dominantes nos últimos anos, e caso retorne da aposentadoria em alto nível, coloca o Tampa em outro patamar.

PIOR CENÁRIO: 8-8

A pior das hipóteses não é um cenário de terra arrasada. Mas qualquer possibilidade que não seja uma vaga nos playoffs, pode ser considerado um fracasso retumbante para Tampa. Afinal, o time contratou um dos maiores, quiçá o maior jogador da história da NFL. Tom Brady resolveu abraçar um novo desafio aos 43 anos e será testado mais uma vez na carreira. Caso a mudança e o peso da idade cheguem, os Bucs terão a temporada em risco.

NEW ORLEANS SAINTS

O New Orleans Saints tem dado esperança aos seus torcedores nas últimas temporadas, mas na hora decisiva, sempre tem acontecido coisas inexplicáveis com a equipe. Em 2018, um atuação polêmica da arbitragem no jogo contra o Minnesota Vikings acabou com o sonho de mais um troféu para equipe. Nesta temporada, mais uma vez a confiança dos fã recai sobre os ombros do ídolo Drew Brees. Aos 41 anos de idade, o QB caminha para a reta final de carreira, mas sonha encerrar a sua jornada com mais um anel.

Aos 41 anos de idade, Drew Brees ainda é um dos melhores QB’s da NFL (Sean Gardner/Getty Images)

Para isto, a base ofensiva que tem dado certo nas últimas temporada foi mantida. Michael Thomas é o líder dos WR e teve a adição de Emmanuel Sanders para ser mais um alvo confiável. Para o jogo corrido, Alvin Kamara segue como destaque do time, apesar dos rumores de uma possível troca envolvendo jogador. Na defesa, o fortíssimo Cameron Jordan, na linha defensiva, e Marshon Lattimore, na secundária, são as âncoras no qual Saints depositam sua confiança.

Análise do calendário

Pelo histórico recente dos Saints, eles entram como favoritos para levar a NFC Sul. Porém, nesta temporada, terá pela frente o Tampa Bay, agora casa de Tom Brady. Para que as expectativas se concretizem, a equipe de Nova Orleans precisará primeiramente de bons resultados dentro da divisão. Nos demais jogos, o time terá bastante trabalho contra Kansas City Chiefs, San Francisco 49ers e Minnesota Vikings.

Buccaneers (C), Raiders (F), Packers (C), Lions (F), Chargers (C), Panthers (C), Bears (F), Buccaneers (F), 49ers (C), Falcons (C), Broncos (F), Falcons (F), Eagles (F), Chiefs (C), Vikings (C), Panthers (F)

MELHOR CENÁRIO: 13-3

Com a manutenção da base que vem dando certo, New Orleans é um time que parece estar mais pronto para seguir dominando a NFC Sul. Drew Brees parece vinho, quanto mais velho melhor. Aos 41 anos, o QB ainda segue na ponta dos cascos e lidera a parte ofensiva. Alvin Kamara e Michael Thomas precisam repetir as atuações dominantes demonstradas nas últimas temporadas para que o nível se mantenha. E a defesa é outra peça crucial para o sucesso da equipe, sendo considerada umas das melhores da NFL.

PIOR CENÁRIO: 9-7

Até o melhor dos times pode ser afetado por lesão. Drew Brees conviveu com algumas nos últimos anos e é peça chave que se mantenha saudável para que os objetivos dos Saints vá em frente. O pior cenário seria um possível wild card, o que não é ruim mas também é longe do ideal para uma equipe que sonha com a conquista do Super Bowl.

CAROLINA PANTHERS

Após nove anos, Carolina começa a temporada sem Ron Rivera e Cam Newton fazendo parte do elenco. Mas seu principal destaque e melhor RB da liga, Christian McCaffrey, assume um papel ainda mais importante no time. Ele será a maior força ofensiva de um time que passa por mudanças.

Christian McCaffrey precisa repetir a temporada de 2019 para permitir o Carolina Panthers a sonhar (Grant Halverson/Getty Images)

Para posição de QB, Teddy Bridgewater chega dos Saints com a expectativa de repetir as boas atuações apresentadas quando foi exigido na temporada 2019. Espera-se também que o jogador possa se manter saudável e deixar a grave lesão que teve no joelho no passado. Na defesa, os Panthers têm uma baixa de peso. Luke Kuechly, um dos melhores linebackers da liga, se aposentou após o fim da última temporada e deixa a defesa orfã de uma figura de liderança.

Análise do calendário

O calendário dos Panthers não é dos mais simples. Dentro da divisão, terá fortes embates contra New Orleans Saints e Tampa Bay Buccaneers. Além dos rivais, Carolina precisará estar em seus melhores dias para encarar Kansas City Chiefs, Minnesota Vikings e Green Bay Packers, todos os jogos fora de casa.

Raiders (C), Buccaneers (F), Chargers (F), Cardinals (C), Falcons (F), Bears (C), Saints (F), Falcons (C), Chiefs (F), Buccaneers (C), Lions (C), Vikings (F), Broncos (C), Packers (F), Washigton (F), Saints (C)

MELHOR CENÁRIO: 10-6

Para que um cenário de ao menos wild card seja realidade para os Panthers nesta temporada, McCaffrey precisa repetir o nível apresentado em 2019, onde muito se discutiu um possível prêmio de melhor jogador da liga para o RB. Teddy Bridgewater terá que mostrar finalmente o potencial no qual todos apostaram nele quando chegou na liga. O QB deu mostras de que ainda pode ter um papel importante com a camisa dos Saints e precisa se manter saudável para ajudar o Carolina.

PIOR CENÁRIO: 4-12

Caso McCaffrey não esteja no mesmo nível de 2019, os Panthers terão um gravíssimo problema. O RB é a estrela e o motor do time. Mesmo com atuações inspiradas, o time sucumbiu na temporada passada em diversos jogos. Aposta para posição de QB, Bridgewater precisa estar em campo para dar mais liberdade e oferecer outro tipo de ameaça, seja área ou terrestre, e tirar um pouco o foco de McCaffrey. Um ausência por nova lesão seria algo desastroso para Carolina.

ATLANTA FALCONS

A eterna e sincronizada dupla Julio Jones e Matt Ryan volta para mais uma temporada como estrelas do Atlanta Falcons. Os dois são a grande esperança da equipe da Georgia em voltar ao Super Bowl e finalmente garantir um Vince Lombardi. Para o jogo corrido, o time foi atrás de Todd Gurley, que caso esteja saudável e consiga repetir o que apresentou com os Rams, coloca o ataque rubro-negro em outro patamar na liga. Na defesa, Deion Jones e Dante Fowler Jr. são os nomes que podem fazer a diferença na temporada.

Julio Jones é um dos melhores WR da liga e esperança de um futuro melhor para o Atlanta Falcons (Ezra Shaw / Getty Images)

CALENDÁRIO FALCONS

Os Falcons entram como azarões na NFC Sul e têm em New Orleans Saints e Tampa Bay Buccaneers seus maiores desafios. Além da dupla, Atlanta terá que superar Chargers, Chiefs, Packers e Vikings para sonhar com algo na temporada. Entre todos os calendários da divisão, parece o mais desafiador.

Seahawks (C), Cowboys (F), Bears (C), Packers (F), Panthers (C), Vikings (F), Lions (C), Panthers (F), Broncos (C), Saints (F), Raiders (C), Saints (C), Chargers (F), Buccaneers (C), Chiefs (F), Buccaneers (F)

MELHOR CENÁRIO: 10-6

Julio Jones tem sido um dos melhores, quiçá, o melhor WR da liga nos últimos anos. E uma boa campanha de Atlanta na temporada passsa por mais uma temporada destacada do camisa 10. Além dele, Matt Ryan precisa se destacar mais uma vez com as conhecidas e espetaculares conexões com Jones. Todd Gurley chega como uma incógnita após uma temporada instável com os Rams. Mas todos conhecemos a qualidade do RB e sabemos que é capaz de ser um dos mais dominantes e impactantes da posição na liga. Se este nível de atuação voltar, Atlanta terá dois dos melhores jogadores de ataque da NFL.

PIOR CENÁRIO: 3-12

Apesar da dupla Matt Ryan e Julio Jones, o restante do elenco dos Falcons carece de um pouco de qualidade e profundidade. Adicione a isto inúmeras lesões e você terá uma receita para um desastre. Além disto, Todd Gurley, como mencionado anteriormente, chega como uma incógnita após uma temporada de altos e baixos, e caso não mostre o mesmo potencial, deixará os Falcons em apuros.

Siga os perfis do Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo