Athletico

No aniversário do clube, Athletico declara luto por vítimas da Covid-19 e inicia campanha

athletico luto
Foto: Reprodução/Athletico

Hoje, 26 de março, o Athletico Paranaense completa 97 anos desde sua fundação, em 1924. As redes sociais amanheceram com várias mensagens de parabéns dos torcedores, jogadores, ex-jogadores, etc.

Mas o clube demorou para postar sobre seu próprio aniversário, e alguns torcedores questionaram o motivo. Então, há pouco, o Athletico divulgou que hoje, 26 de março de 2021, o aniversário não seria comemorado. O motivo? A triste situação do país por conta da Covid-19.

Na mensagem, postada nas redes sociais, o Furacão declarou que a data será de “luto pela tragédia da Covid-19”, e de “silêncio e consternação por tantas vidas que se foram”. O clube ainda disse que o futebol pode “fazer muito mais do que um minuto de silêncio” pelas vítimas da doença.

O Athletico ainda divulgou uma campanha para ajudar as pessoas que mais precisam na pandemia. Quem quiser ajudar pode colaborar com dinheiro ou doações. Veja mais informações aqui.

Confira a postagem e a mensagem completa divulgada pelo Furacão:

“O futebol pode fazer muito mais do que um minuto de silêncio por tantas vidas que foram silenciadas. Para o Athletico Paranaense, só há uma atitude possível: solidariedade.

Pela primeira vez na história, não celebraremos o aniversário do clube. O dia 26 de março será de luto pela tragédia da Covid-19. De silêncio e consternação por tantas vidas que se foram.

E também o início de uma campanha para aqueles que estão em dificuldades devido às consequências da pandemia.

Todos podem ajudar. Não importa seu time, estamos unidos na dor.

O futebol é um esporte de união, doação e solidariedade. Chegou a hora de mostrarmos o quanto aprendemos com ele.”

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Leia também: Liberado para contratar, veja o valor da multa que o Athletico vai pagar e a posição do Albirex após a decisão

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top