Lutas

Norma Dumont pede disputa por cinturão interino dos penas no UFC

Reprodução/Instagram Norma Dumont

Norma Dumont conseguiu uma importante vitória no último sábado ao bater Aspen Ladd na disputa do UFC Vegas 40. A brasileira espera agora ter a chance de disputar o cinturão dos penas, hoje com a Amanda Nunes.

A ‘Leoa’ irá voltar ao peso-galo para defender o título que detém desta divisão em dezembro, encarando a Julianna Peña. Norma, na coletiva pós-luta, disse esperar que o Ultimate arranje futuramente uma disputa pelo cinturão interino para evitar que a categoria fique ‘parada’ por mais tempo. E uma rival já aparece cogitada pela mineira: a ex-campeã dos galos Holly Holm.

LEIA MAIS

+ DJ italiano acusa Conor McGregor de tê-lo agredido com um soco em boate

– Não quero que a divisão fique estagnada e não tenha lutas para nós. Eu estaria totalmente disposta a lutar com a Holly. Entendo que a Amanda vai defender o cinturão dela e, talvez, irá lutar com a Valentina (Shevchenko), então só nos enfrentaríamos no meio do próximo ano. Definitivamente, não quero ficar muito tempo sem lutar – afirmou Norma.

– Acho que uma luta com a Holly pelo cinturão interino poderia trazer não só uma luta, mas mas também uma atenção para a divisão e para as outras atletas vindo para esta categoria com a vencedora desta luta para poder encarar a Amanda – completou a brasileira.

Para saber tudo do mundo das lutas, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube!

Desde o seu surgimento no UFC, a categoria feminina dos penas sempre sofreu com a falta de lutadoras, em relação às outras divisões disponíveis para mulheres. A reclamação com o Ultimate de uma ausência de um grupo grande de lutadoras entre os penas vem desde os tempos que Cris Cyborg era campeã da divisão. E Norma Dumont quer que a organização se esforce para criar mais lutas para a categoria.

– Esse é um problema, porque essa é uma divisão que a gente não sabe quando vai lutar. Vou deixar nas mãos do UFC como sempre fiz. Nunca recusei uma luta e irei continuar me preparando na academia e espero que venha um grande nome. E espero que seja uma luta principal porque achei isso muito legal – afirmou.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top