Futebol Internacional

Nos pênaltis, PSG vence Lyon, e conquista Copa da Liga Francesa

Foto: Divulgação/PSG/Twitter
— Continua depois da publicidade —

Na última edição da história da Copa da Liga Francesa, melhor para o PSG. Após um empate sem gols no tempo normal e na prorrogação, o Paris Saint-Germain venceu por 6 a 5 nos pênaltis e conquistou o último título nacional que restava nesta temporada, após vencer a Supercopa Francesa, a Copa da França e a Ligue 1.

LOPES GARANTE O PLACAR ZERADO

Sem Mbappé, o ataque do PSG ficou extremamente dependente de Neymar e Icardi para assustar o gol do Lyon. O brasileiro, logo no início, aos oito minutos, teve boa chance de abrir o placar, mas finalizou para fora. Sem muita inspiração, o PSG só voltou a assustar nos minutos finais da primeira etapa quando Gueye acertou belo chute de fora da área e o goleiro Anthony Lopes voou para fazer uma bela ponte para evitar o gol do time da capital francesa.

POR POUCO

Já na etapa final, Anthony Lopes criou um duelo particular com Neymar. Em cobrança de falta de média distância, o goleiro do Lyon fez bela defesa para evitar o gol do brasileiro, que poucos minutos depois, aproveitou falha da zaga para sair cara a cara, finalizar e parar nos pés de Lopes.

BRUNO GUIMARÃES APAGADO

Um dos principais jogadores do Lyon desde que chegou ao clube, o meio-campista brasileiro não teve lá sua melhor atuação. Um tanto quanto apagado na primeira etapa, o meia foi advertido com o cartão amarelo e substituído aos 20 minutos do segundo tempo.

GOLEIROS PROTAGONISTAS

O placar zerado permaneceu até o apito final do tempo regulamentar muito por conta de Keylor Navas e Anthony Lopes. O goleiro do Paris Saint-Germain impediu de forma brilhante a cobrança de falta de Cornet, enquanto Lopes, já nos minutos finais, fez milagre em cabeçada de Neymar à queima-roupa.

PRORROGAÇÃO EM MARCHA LENTA

Após o empate sem gols no tempo normal a partida foi para o tempo extra, e o que se viu foi um ritmo muito abaixo do que vinha sendo praticado, obviamente por culpa do cansaço do volume alto de jogo durante o tempo regulamentar e por conta da longa parada sem jogos por conta da paralisação e encerramento da Ligue 1 por conta da pandemia do novo coronavírus. No fim, o brasileiro Rafael cometeu falta providencial em Neymar e foi expulso. Na cobrança, o camisa 10 do PSG teve a chance de dar o título ao time parisiense, mas não converteu a chance em gol.

NOS PÊNALTIS, MELHOR PARA O PSG

O empate persistiu também na prorrogação e o campeão da Copa da Liga Francesa foi decidido nos pênaltis. Di María, Verratti, Paredes, Ander Herrera e Neymar converteram para o PSG, enquanto Andersen, Toko Ekambi, Caqueret, Thiago Mendes e Aouar fizeram para o Lyon. Nas alternadas, restou a Keylor Navas defender a cobrança de Traoré e Sarabia marcar o último e decisivo pênalti para dar a taça ao Paris Saint-Germain.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo