Flamengo

Novo preparador de goleiros fala sobre início no Flamengo e afirma: ‘Vamos fazer história’

Marcelo Cortes/Flamengo

Após viralizar nas redes sociais com a animação nos treinos, Paulo Grilo, novo preparador de goleiros do Flamengo, concedeu entrevista à “Fla TV” nesta sexta-feira (14). O profissional falou sobre o início no clube carioca, a metodologia de trabalho e o carinho da torcida rubro-negra na chegada ao Rio de Janeiro.

– Esta dinâmica é paixão. Eu adoro isto, não consigo estar quieto, não consigo estar calado. É este Paulo que eles vão ter, é este treinador de goleiros que eles vão ter. Assim meio louco, mas como uma paixão enorme, com o coração do tamanho do Flamengo – disse o novo preparador de goleiros.

Paulo Grilo destacou o foco do trabalho com os goleiros nesta pré-temporada. O preparador enfatizou que os arqueiros vão precisar estar alertas e com bom posicionamento para facilitar o modelo de jogo introduzido pelo compatriota e xará Paulo Sousa.

+ Paulo Sousa rasga elogios à torcida do Flamengo e manda recado: ‘Vamos ser muito felizes’

+ Flamengo oficializa proposta ao Manchester United pela compra de Andreas Pereira

– Principalmente o posicionamento que eles vão ter que ter na baliza para poder ajudar a equipe também. A velocidade de reação tem que ser muito mais reativos que eu quero para mim. Eu sei que a minha metodologia de treino, da Europa, é diferente do Brasil. Respeito toda a gente, mas vou tentar implantar o que eu quero e o que eu quero é muito diferente do que tinham. Quero muita reação, quero o goleiro muito vivo. O Paulo e o resto do staff, todos nós queremos eles muito alertas. Os goleiros vão ter que estar muito alertas, vão ter que estar reativos, vão ter que ter muita reação, muita velocidade. Vão dar show, vais ver, vai ser show, vai ser muito bom – afirmou Paulo Grilo.

Paulo Grilo ainda comentou sobre a metodologia de treinos e até sobre o detalhe de sempre estar acompanhado de um par de luvas durante as atividades no campo.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

– A dinâmica é ser um apaixonado pelo treino, pelo que eu mais amo fazer, porque eu cheguei no futebol, continuei no futebol e é isso que eu quero para o resto da minha vida. Então, esta dinâmica se transmite no treino, se transmite nesta paixão, na sabedoria que eu adquiri durante muitos anos. E, agora, vou tentar transmitir, partilhar aqui com o Flamengo, aqui com a torcida. Que nós possamos, juntos, continuar a dar muitas alegrias. Como dizem aos jogadores “tem que estar sempre com a bola”, eu digo aos meus goleiros “tem que andar sempre com as luvas”. E com as luvas do Diego (Alves) e do Hugo é que vamos fazer historia – destacou o profissional português.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top