Basquete

Nuggets vencem Clippers, Pacers sem limites e Curry brilhando; a rodada da NBA

NBA Pacers
Foto: Divulgação/Indiana Pacers

Mais uma rodada da NBA aconteceu neste sábado, 1, com uma grande quantidade de jogos. Ao todo foram 10 confrontos e muitos foram importantes em busca da sonhada vaga nos playoffs. Em Los Angeles, os Clippers poderiam garantir a vaga na próxima fase, mas a derrota para o Denver Nuggets impediu a classificação e ainda fez com que o time do Colorado assumisse a terceira colocação no Oeste. Em Houston, Stephen Curry esteve novamente em grande noite e o Indiana Pacers não tomou conhecimento e atropelou o Oklahoma City Thunder.

+Anderson Varejão negocia com o Cleveland Cavaliers para retorno à NBA

Denver Nuggets 110×104 Los Angeles Clippers

Mais um duelo entre Nuggets e Clippers que é marcado por grande confronto. Novamente, Denver levou a melhor com mais uma grande atuação de Nikola Jokic. Apesar dos dois lados aparecerem sempre próximos ao placar, a franquia do Colorado foi superior a partir do segundo quarto e teve até que facilidade em controlar Los Angeles. Voltando de lesão, Kawhi Leonard esteve abaixo e não conseguiu contribuir muito principalmente em pontuação.

Um dos grandes destaques da noite vai para os jogadores coadjuvantes do confronto. Em Denver, Michael Porter Jr., PJ Dozier e Facundo Campazzo foram importantes em vários momentos do jogo seja anotando pontos ou colaborando na defesa. Já em Los Angeles, Rajon Rondo e DeMarcus Cousins foram fundamentais no segundo tempo quando os Nuggets ameaçaram abrir vantagem, mas que foi contida e em vários instantes demonstraram em que era possível virar. No entanto, a grande fase da franquia do Colorado, que além de subir para o terceiro lugar do Oeste ainda quebrou a sequência de sete triunfos consecutivos dos Clippers no Staples Center.

Denver Nuggets: Nikola Jokic (30 pontos, 14 rebotes e 7 assistências) e Michael Porter Jr. (25 pontos, 7 rebotes e 5 assistências);

Los Angeles Clippers: Paul George (20 pontos e 7 rebotes) e Rajon Rondo (18 pontos, 5 rebotes e 5 assistências);

Indiana Pacers 152×95 Oklahoma City Thunder

Foi um verdadeiro atropelo dos Pacers diante de um time jovem do Thunder. Com uma grande artilharia do perímetro, Indiana não teve nenhuma dó diante do Oklahoma pouco inspirado e que não pode fazer absolutamente nada contra os rivais. Além disso, o aproveitamento patético de OKC, que não acertou nem 35% dos arremessos do garrafão fez com que o triunfo ficasse muito mais tranquilo por parte dos visitantes.

Logo no quarto inicial, os Pacers deram uma clara demonstração do que aconteceria no jogo. Com Doug McDermott puxando 16 pontos, as bolas de três caiam diante de uma marcação bem falha. Antes do intervalo foi a vez de Sabonis chamar a responsabilidade e brilhar com 14 pontos, enquanto o Thunder novamente teve problemas para converter as cestas. Com 36 pontos de vantagem, Indiana não recuou e continuou pressionado, distribuindo tocos e chegou a abrir 67 pontos no último período para confirmar o triunfo que marcou a segunda maior vantagem em uma vitória da equipe.

Indiana Pacers: Doug McDermott (31 pontos) e Domantas Sabonis (26 pontos, 19 rebotes e 14 assistências);

Oklahoma City Thunder: Moses Brown (16 pontos e 7 rebotes) e Tony Bradley (13 pontos e 8 rebotes);

Golden State Warriors 113×87 Houston Rockets

Um encontro entre duas franquias que brilharam nos últimos anos, mas que vivem tempos sem tanto protagonismo. No entanto, Stephen Curry mostra que ainda está com toda a forma com mais uma boa partida. Apesar de ser o grande jogador da franquia no Toyota Stadium, o camisa 30 foi mal no primeiro tempo e pouco produziu. Com a dificuldade, Golden State até ficou perto do placar, mas foi para o intervalo perdendo por seis pontos.

No segundo tempo, a situação mudou completamente com os Warriors muito mais ofensivos, agredindo o aro, e contando com um adversário que viu o aproveitamento cair drasticamente. Para ter uma ideia do momento absurdo, Golden State abriu 28 a 4 na parcial, que praticamente definiu o duelo ali. Com 21 pontos de vantagem, a franquia da Califórnia não tirou o pé e ainda voltou a abrir distância, principalmente, com os arremessos do perímetro voltando a cair – 18 de 46 chutados.

Golden State Warriors: Stephen Curry (30 pontos, 6 rebotes e 5 assistências) e Andrew Wiggins (20 pontos);

Houston Rockets: Kevin Porter Jr. (16 pontos e 6 assistências) e Kenyon Martin Jr. (16 pontos e 9 rebotes);

Confira outros resultados da rodada da NBA

Toronto Raptors 102×106 Utah Jazz

Washington Wizards 124×125 Dallas Mavericks

New Orleans Pelicans 140×136 Minnesota Timberwolves

Memphis Grizzlies 111×112 Orlando Magic

Chicago Bulls 97×108 Atlanta Hawks

Miami Heat 124×107 Cleveland Cavaliers

Detroit Pistons 94×107 Charlotte Hornets

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top