Conmebol Sul-Americana

Análise: Erros coletivos levaram o Fluminense à derrota contra Junior Barranquilla pela Sul-Americana

Foto: Mailson Santana/FFC

Longe do Rio o Fluminense perdeu para o Junior Barranquilla por 3 a 0 na noite de ontem, pela segunda rodada do Grupo H da Sul-Americana. Num primeiro tempo com muitos erros de marcação, o Flu teve uma noite difícil onde nada deu certo.

Digamos que é uma noite para se esquecer. Mesmo com esquema de três zagueiros, o Flu levou o primeiro gol logo no início da partida. Uma falha de marcação do Tricolor ao subir as linhas, deixou Didier Moreno livre de marcação para abrir o placar. André deixou muito espaço na área e o adversário teve bastante tranquilidade para finalizar.

Foto: Twitter Tática Didática

O Fluminense teve mais a bola na etapa inicial, mas ficava só com passes concentrados no meio de campo, bem longe da área do adversário. Por outro lado, o Junior Barranquilla aproveita para distribuir mais os toques.

+Fluminense vende mais de 16 mil peças da nova camisa em três dias

Após sair em desvantagem no placar, David Braz tentou ajudar no meio ao lado de Ganso e André. Mas não era noite dos volantes do Tricolor. O camisa 7 do Flu e Yago Felipe, tiveram uma atuação bem abaixo do esperado. Com isso, a marcação não estava muito bem encaixada.

Ganso lamentando após o Fluminense sofrer gol. Foto: Ricardo Maldonado Rozo/EFE

Além deles, os laterais do Flu estavam perdidos na marcação. Cris Silva, que errou na hora de chegar no jogador adversário no momento do cruzamento do gol, novamente não foi bem no jogo. No outro lado, Calegari não teve boas oportunidades.

+Atuações: Ninguém se salva em derrota do Fluminense pela Sul-Americana; veja as notas

O Flu acabou levando o segundo nos acréscimos do primeiro tempo num pênalti bastante polêmico, cometido por André. Na volta do intervalo, Abel Braga mudou a equipe. Tirou os laterais para colocar Luiz Henrique e Pineida, nos lugares de Cris Silva e Calegari. Com isso, Nino foi para ala direita fazendo um 1-4-2-4.

Fluminense até teve mais a bola, mas não conseguia agredir o adversário. No meio do segundo tempo, Abel mudou de novo abrindo mão do esquema de três zagueiros. Mas mesmo assim o Tricolor não conseguia criar jogadas de perigo ao gol do Junior. O terceiro tento do adversário, saiu novamente após um erro do Flu.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top