Fortaleza

Opinião: goleada para o Atlético-MG escancara lacunas no elenco do Fortaleza

foto: pedro souza/atlético-mg

O Fortaleza se encontra em uma situação quase irreversível na Copa do Brasil 2021. Com sua melhor campanha na história, o Leão tem pela frente o poderoso Atlético-MG nas semifinais da competição, mas viu o Galo abrir uma senhora vantagem na ida, vencendo por 4 a 0, sem dar chances alguma ao time de Juan Pablo Vojvoda.

Para a partida, o técnico argentino teve um total de quatro desfalques, sendo dois gigantes, ambos na defesa. Um deles foi Marcelo Benevenuto, um dos principais jogadores da equipe na temporada, que não pode atuar na competição por ter jogado pelo Botafogo na primeira rodada. O outro foi o capitão Tinga, desfalque de última hora com uma lesão no adutor da coxa esquerda. E como ambos fizeram falta.

Sem Benevenuto, o Tricolor sofreu bastante na bola aérea e coberturas, algo escancarado no segundo e terceiro gol do Atlético. Sem Tinga, a equipe perdeu o senso de liderança do seu capitão e a saída de bola caiu de nível, se tratando de um jogador de alta qualidade no quesito. O trio Daniel Guedes, Titi e Matheus Jussa sofreu durante todo o jogo.

Além deles, David, suspenso, também fez falta por conta da sua velocidade e força no 1 x 1 para atacar uma defesa pesada do Atlético. Todas esses problemas não foram a única razão, mas uma das principais para o apagão sofrido pelo Fortaleza na noite da última quarta-feira (20), no Mineirão.

Isso só mostra que, mesmo com a grande temporada que vem fazendo, o elenco do time sofre na hora das mudanças, demonstrando a falta de peças necessárias. Jogadores como Yago Pikachu e Lucas Crispim também não tem reservas a altura, causando uma queda no rendimento do time.

Já que não pode mais inscrever ninguém nas competições, e confirmando a vaga na fase de grupos da Libertadores no ano que vem, é importante para a diretoria e Vojvoda estudarem nomes qualificados para ajudar o clube a disputar de igual para igual todas as competições no longo calendário de 2022.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top