Internacional

Opinião: Maurício é a melhor opção para substituir Taison no Internacional

Ricardo Duarte/Internacional

O técnico Diego Aguirre tem uma importante escolha a fazer nos próximos dois jogos do Internacional. Sem poder contar com Taison, capitão e camisa 10, o treinador precisará encontrar a solução para o time que, quando perdeu o meio-campista, não conseguiu manter bons rendimentos. Diante deste cenário, alguns nomes surgem disputando a posição, mas o jogador ideal, por característica, parece Maurício.

Para saber tudo do Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube!

Meio-campista habilidoso, com certa velocidade e qualidade no passe. Essas características de Maurício o colocam como melhor opção para o lugar de Taison. Com o jovem, o time perderá em imposição física no meio-campo, mas manterá a inteligência de leitura de espaços e objetividade que vinha tendo com o capitão. Dentre as opções de Diego Aguirre, Maurício é o único que parece capaz de manter as características do time.

Principal concorrente de Maurício pela vaga de titular, Boschilia está atrás em uma característica vital para o funcionamento do modelo de Diego Aguirre. Apesar de ter qualidade de passe semelhante, e chute de média distância melhor, o meio-campista não tem muita velocidade. Como o Internacional utiliza o contra-ataque como principal arma, isso poderia resultar em perda de qualidade, e identidade, do colorado.

Além de Maurício e Boschilia, outros jogadores correm por fora pela vaga de Taison. Caso Aguirre optasse por maior presença de área, poderia usar Guerrero ao lado de Yuri Alberto, mas isso também teria efeitos diretos no modelo reativo de jogo. Se o desejo fosse exclusivamente por velocidade, a escolha também poderia ser por Caio Vidal ou pela estreia de Gustavo Maia, mas nesse caso o time perderia forçar pelo meio.

Os treinamentos ao longo da semana apontam para um acerto de Diego Aguirre. A probabilidade maior é, de fato, pela presença de Maurício entre os titulares, contra o Sport, em Recife, nesta segunda-feira (13). Agora cabe ao jovem meia de 20 anos fazer uma boa partida para garantir a titularidade no jogo seguinte e, quem sabe, jogar ao lado de Taison quando ele voltar de lesão.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top