Grêmio

Opinião: Thiago Gomes é boa opção para assumir o Grêmio até o fim da temporada

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Após a derrota de domingo para o Santos, placar de 1 a 0, o Grêmio anunciou o acordo de saída do treinador, Luiz Felipe Scolari e toda sua comissão técnica. Com a publicação no site oficial, as especulações sobre o próximo treinador começaram a ocorrer e Roger foi nome mais forte nos âmbitos de torcida e mídia.

Mas diversos jornalistas veicularam a informação de que Roger teria rejeitado o convite do Grêmio, pois não tem interesse em trabalhar no momento. Com a rejeição da opção mais provável, o tricolor passou a procurar outro treinador, enquanto Thiago Gomes deve ser o interino por enquanto.

Thiago Gomes assume o posto de técnico interino pela terceira vez em 2021 e pode ser uma opção viável para o tricolor até o fim da temporada. Apesar de pouca experiência no profissional, Thiago tem conhecimento do elenco, teve um aproveitamento bom nas partidas em que comandou o time e tem proximidade com os jogadores, fator que Tiago Nunes e Felipão não tinham.

    

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Além disso, o Grêmio precisa sair do Z-4, pois tem apenas 23 pontos e está décima nona posição. O tricolor deve buscar os pontos na tabela, jogar sem invenções e parar de criar desculpas para os torcedores. Thiago Gomes tem também o apoio da torcida, que se vê acredita em seu trabalho e precisa desesperadamente de alguém para apoiar.

Poucos treinadores gostariam de assumir um time que é o vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, sofre com uma pressão imensa da torcida, tem muitos jogadores medíocres e dificuldades no vestiário. Se Renato e Felipão foram triturados antes de sair do posto, imagina um técnico sem identificação com o Grêmio. Além disso, muitos treinadores precisam de tempo para fixar suas estratégias no elenco, e o tricolor não tem esse tempo, pois precisa de resultados.

Para saber tudo sobre o Grêmio, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Thiago pode não ser o técnico mais experiente, casca-grossa ou tático do mundo, mas conhece o grupo de jogadores, já trabalhou com muitos jovens da base e pode conseguir administrar a crise no vestiário. Segue declaração do treinador dada ao GZH:

— É um momento muito difícil. O Grêmio se encontra em uma posição incômoda na tabela, mas eu tenho muita confiança nesse grupo de atletas, conheço bastante os meninos e também os mais experientes. Agora é a gente unir forças. Temos de viver jogo a jogo. Cada partida deve ser pensada com uma estratégia diferente, devemos pensar em como anular o nosso adversário, sobre como ter vantagem sobre ele. O Grêmio tem de voltar a vencer e a pontuar, o que é o mais importante.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top