Esportes olímpicos

Organização das Olimpíadas admite não ter plano B em caso de novo adiamento

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a Olimpíada foi adiada para julho de 2021. Em entrevista na última terça-feira, Masa Takaya, porta-voz dos Jogos admitiu não ter um plano B em caso de nova alteração. 

– Nós estamos trabalhando em direção a esse novo objetivo. Nós não temos um plano B. Tudo que posso dizer hoje é que a nova data dos Jogos, tanto para as Olimpíadas quanto para as Paralimpíadas, acabou de ser definida. Sobre isso, a Tóquio 2020 e todas as partes interessadas estão agora fazendo o maior esforço para a entrega dos Jogos no próximo ano – afirmou Takaya em conversa com jornalista por teleconferência.

Outra preocupação dos organizadores é quanto ao impacto financeiro causado pelo adiamento das Olimpíadas pra 2021. Porém, até o momento, nenhum membro do Comitê Organizador ou mesmo do COI estipulou o prejuízo causado pela decisão.

A Olimpíada de Tóquio está agendada para ser disputada de 23 de julho a 8 de agosto de 2021. Antes, os Jogos seriam realizados entre 24 de julho e 9 de agosto desse ano. A Paralimpíada foi remarcada para o período de 24 de agosto a 5 de setembro.

Foto: Divulgação

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo