América-MG

Os milagres de Milagres, eterno ídolo do América-MG

Os milagres de Milagres, ex-goleiro ídolo do América-MG
Foto: Acervo do Coelho/Reprodução

No dia 23 de abril de 1966, em Juiz de Fora-MG, vinha ao mundo Marco Antônio Gonçalves Milagres, que já nasceu goleiro e carrega defesas espetaculares desde o parto, afinal, ninguém se chama Milagres à toa, como no caso do ídolo eterno do América-MG. Nesta sexta-feira (23), o ex-jogador completa 55 anos.

Revelado pela boa escola de goleiros do Flamengo, Milagres passou alguns anos no rubro-negro, até chegar a Belo Horizonte, em 1991, para defender o América-MG. Pelo alviverde, foram nove anos de história, títulos e milagres, muitos milagres.

AMÉRICA-MG 3 X 1 CRUZEIRO – CAMPEONATO MINEIRO 1993

Não à toa, o goleiro é vencedor como é. Ainda no início de sua passagem pelo América-MG, na final do Mineiro de 93, Milagres fez verdadeiras defesaças, impedindo que o Cruzeiro ficasse com a taça. Durante o jogo, o arqueiro americano parou brutais investidas de Cleisson, Luisinho e Paulo Roberto.

AMÉRICA-MG 2 X 2 ATHLETICO-PR (4-3) – COPA SUL-MINAS 2000

Após igualdade nos 180 minutos em campo, Coelho e Furacão foram decidir a vaga na final nas penalidades máximas, e Milagres fez das suas. Em cobrança de Luisinho Netto, coube ao paredão americano fazer a defesa e deixar o América-MG muito perto da decisão. Após o jogo, o desabafo: “Obrigado, Coelho. Sou feliz em envergar essa camisa”.

Foto: Reprodução/Youtube

CRUZEIRO 1 X 2 AMÉRICA-MG – COPA SUL-MINAS 2000

A consagração de um herói já consagrado. Assim podemos descrever a apoteótica atuação de Milagres na finalíssima do torneio regional. Em boa parte do jogo, a Raposa pressionou o Coelho, e poderia até ter construído o resultado. No entanto, lá estava ele: Milagres. Superando uma artilharia pesada celeste, o goleiro defendeu, com muita elasticidade, arremates perigosos de nomes como Muller, Viveros, Ricardinho e Rodrigo. Graças a sua muralha, o América-MG seguiu vivo, virou o jogo e saiu com a taça.

Durante toda sua passagem pelo time mineiro, Milagres se afirmou como um goleiro de decisões, que fez a diferença e que levou o América-MG a conquistas. Mais que isso, a relação entre as partes e a torcida é de amor. Além de tudo, é ele, com 361 jogos, o jogador com mais partidas na história do Deca. Após a carreira como atleta, ainda treinou, com sucesso, times da base americana.

Com seus milagres, Milagres construiu uma relação de amor com o América-MG e sua torcida.

Para ficar informado sobre tudo que acontece com todos os clubes da Série A do Brasileirão, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top