Futebol americano

Os wide receivers segundanistas da NFL e como cada um pode chegar nesta temporada

Wide receiver
Foto: Kam Nedd/ Minnesota Vikings

A classe de wide receiver do Draft de 2020 foi histórica, marcando a primeira vez em que treze jogadores da posição foram selecionados nas duas primeiras rodadas. Vamos selecionar três deles, que já brilharam muito como calouros, para fazer uma projeção do que esperar nessa temporada.

Ceedee Lamb:
1° Temporada: 16 jogos/ 74 recepções/935 jardas/5 TDs

Ceedee Lamb tem um potencial incrível pela frente. Com apenas 22 anos de idade e depois de uma ótima temporada de calouro mesmo sem seu quarterback titular na maior parte do tempo, o jovem recebedor deu um show no período de treinamento do Dallas Cowboys, e já virou um dos jogadores favoritos da torcida. A disputa sadia por alvos é forte, já que os seus companheiros de posição, Michael Gallup e principalmente Amari Cooper, são grandes jogadores, mas a qualidade de Dak Prescott e do ataque em geral vão gerar volume para o talento de Lamb. A tendência é que o jovem Wide Receiver tenha uma temporada para se impor como um dos grandes da liga em sua posição.

Justin Jefferson:
1° Temporada: 16 jogos/ 88 recepções/1400 jardas/ 7 TDs

Justin Jefferson teve, simplesmente, a melhor temporada de um Wide Receiver calouro da história em jardas. Os Vikings são um dos times que mais correm com a bola da NFL, já tinham o Adam Thielen, um dos ótimos recebedores da liga e mesmo assim o Jefferson conseguiu esses números. A defesa de Minnesota decepcionou ano passado, muito por conta das lesões, e isso faz, automaticamente, com que o time tenha que passar um pouco mais. Mas, mesmo que a unidade defensiva melhore, Jefferson deve seguir sendo dominante em seu segundo ano nesse ataque e com cada vez mais sintonia com Kirk Cousins. Jefferson já é um dos melhores corredores de rota da liga.

Brandon Aiyuk:
1° Temporada/ 12 jogos/60 recepções/748 jardas/ 5 TDs

Os 49ners subiram no Draft do ano passado para selecionar Brandon Aiyuk, um Wide Receiver único. Com uma das melhores marcas de envergaduras já testadas no Combine, ele consegue as recepções ajustadas, se desmarcar das marcações individuais e em zona, e é muito forte com a bola na mão. Mesmo com Deebo Samuel e principalmente Travis Kelce, Aiyuk tem o potencial de ser um dos grandes Wide Receivers da NFL.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top