Athletico

Pablo quer voltar ao Athletico em 2022

Divulgação/CONMEBOL

O atacante Pablo, do São Paulo, segundo apuração do GE, quer voltar a defender as cores do Furacão. Pablo estaria disposto a fechar um acordo com o São Paulo para abrir mão dos dois anos de contrato restantes com o Tricolor para seguir rumo à Curitiba.

Para saber tudo do Athletico, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram  e no Facebook. Se inscreva também no nosso canal no YouTube.

Pablo não faz parte dos planos do São Paulo para esta temporada e o clube paulista já tentou negociar o empréstimo do atacante com o Ceará, comandado por Tiago Nunes, e mais recentemente com o Santos, onde o atacante tem boa relação com Edu Dracena. As duas propostas não avançaram pelo desejo pessoal de Pablo e de sua família de retornar para Curitiba e para o Athletico, o pai do jogador, peça chave das negociações, ainda mora na capital paranaense.

LEIA MAIS + | ATHLETICO ENCAMINHA MAIS DE 15 SAÍDAS DO ELENCO

Ainda segundo o GE, o Athletico apresentou primeiramente uma proposta de empréstimo pelo atleta, pagando integralmente o salário. O São Paulo entretanto, exigiu uma compensação financeira pelo empréstimo, o que desagradou o Furacão.

A grande reviravolta do negócio veio quando Pablo ofereceu ao São Paulo um acordo por sua rescisão: o jogador quer receber cerca de R$15 milhões em dívidas de direitos de imagem e salariais, para abrir mão do seu contrato atual com o Tricolor, que se estende até o fim de 2023. Abrindo caminho em definitivo para o retorno ao Athletico, sem o clube paranaense precisar pagar nada ao São Paulo.

LEIA MAIS + | LUCAS HALTER CELEBRA RETORNO APÓS RECUPERAÇÃO DE LESÃO

Pelo Athletico, Pablo foi destaque do time campeão da Sul-Americana de 2018, em 171 partidas pelo Furacão, marcou 34 gols e deu 9 assistências. No início de 2019, se transferiu ao São Paulo por R$30 milhões, e nunca convenceu no Morumbi, apesar dos números interessantes pelo Soberano: 32 gols em 121 jogos.

LEIA MAIS + | ABNER RECEBE SONDAGEM DO FUTEBOL EUROPEU

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top