Palmeiras

Palmeiras chega a nove jogos sem perder para o Athletico

Raphael Veiga Palmeiras
Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Com o empate de 2 a 2 desta quarta-feira (23) diante do Athletico, na Arena da Baixada, em Curitiba, o Palmeiras ampliou sua invencibilidade contra os paranaenses. Agora, são nove jogos sem perder, e basta uma vitória na semana que vem, no Allianz Parque, para ganhar pela primeira vez a Recopa Sul-americana.

Em 3 de dezembro de 2017, ocorreu o último revés, exatamente na Arena da Baixada. Pela última rodada do Brasileirão, o Verdão não tinha mais chances de título e acabou tomando um 3 a 0, com todos os gols marcados no primeiro tempo.

Curiosamente, o treinador do time na ocasião era Alberto Valentim, que hoje veste as cores do Furacão e foi campeão da Copa Sul-americana de 2021. Com o resultado, o Palmeiras terminou o campeonato nacional com o vice-campeonato, com 63 pontos, a nove pontos do campeão Corinthians. Os atacantes Ribamar e Ederson, além do lateral-esquerdo Sidcley, balançaram as redes.

Nesta quarta, o palmeirense sofreu até o último minuto. A equipe perdia por 2 a 1 e estava desperdiçando boas oportunidades de igualar o marcador. Até que, aos 49 minutos, Marcinho cometeu pênalti em Wesley. O ex-athleticano Raphael Veiga converteu a cobrança, chegando a 17 pênaltis marcados, em 17 cobranças no Verdão, mantendo o 100% de aproveitamento.

+Abel Ferreira elogia atuação do Palmeiras na Recopa: “Todos são importantes”

Com o gol, ele chegou a 47 com a camisa alviverde, igualando-se ao atacante Renatinho (década de 50) como o 62º maior artilheiro da história do clube. Assim, o time de Abel Ferreira segue com apenas uma derrota na temporada, e agora se prepara para enfrentar a Internacional de Limeira, neste domingo (27), às 16 horas, no Estádio Major Levy Sobrinho, pelo Paulistão.

Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Na próxima quarta, Furacão e Verdão fazem o jogo decisivo em busca da Recopa, no Allianz Parque, às 21h30. Quem vencer ficará com a taça inédita e, em caso de empate, a decisão vai para a Prorrogação. Se a igualdade persistir, o campeão será definido nos pênaltis.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top