Palmeiras

Palmeiras reencontra o fantasma da disputa por pênaltis

Mais um vez, Palmeiras é eliminado de um campeonato pela disputa por pênaltis. Nas mãos de Abel Ferreira, essa é a quarta vez em que o clube fica fora da competição nesse estilo de disputa. Apesar da superioridade nos 90 minutos corridos da partida contra o CRB desta quarta-feira (09), time não conseguiu fugir do fantasma que os assombra desde a participação no Mundial de Clubes.

A primeira frustração do torcedor alviverde foi na corrida pelo título mais esperado pelo Palmeiras: o grande Mundial de Clubes. Na ocasião, clube alviverde perdeu a semifinal para o Tigres e buscou o terceiro lugar contra o Al Ahly, time do egito. Partida ficou em 0 a 0 nos 90 minutos e foi levada aos pênaltis. Os jogadores que não converteram a cobrança foram: Rony, Felipe Melo e Luiz Adriano.

A segunda foi logo depois, com a Supercopa contra o Flamengo. Jogo terminou em 2 a 2 mas, dessa vez os jogadores que desperdiçaram suas cobranças foram: Mayke, Danilo, Gabriel Menino e Luan.

Já a última delas da temporada de 2020, foi a disputa pela taça da Recopa contra o Defensa y Justicia. Decisão aconteceu em duas etapas, no sistema ida e volta com jogo de volta no Allianz Parque. O Verdão venceu fora de casa por 2 a 1 mas tomou o mesmo placar do adversário na segunda partida. Nos pênaltis, os jogadores que não converteram suas cobranças foram: Luiz Adriano e Weverton.

Na partida da última quarta-feira (09), contra o CRB, a disputa era para uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil, competição em que o Palmeiras é o atual campeão. No mesmo esquema de disputa com jogo de ida e volta, o alviverde imponente venceu por 1 a 0 fora de casa e levou o mesmo placar no Allianz. Dessa vez, os que não marcaram na cobrança foram: Lucas Lima, Breno Lopes, Marcos Rocha e Luiz Adriano.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top