#TBTdoENM

Palmeiras retorna ao Canindé depois de oito anos; Relembre a última partida

Canindé Palmeiras
Santo André mandará duelo contra o Palmeiras no Canindé neste domingo Foto: Instagram/Portuguesa

Neste domingo (02), às 20 horas, o Palmeiras voltará a jogar uma partida de futebol no Estádio do Canindé, casa da Portuguesa. O duelo será contra o Santo André, pelo Campeonato Paulista (o estádio do clube, Bruno José Daniel, passa por reformas). A última vez que havia pisado naquele gramado foi em 2012, como visitante, em confronto contra a Lusa. Como visitante, o time perdeu por 3 a 0. Relembre agora este confronto!

Válido pelo Brasileirão daquele ano, estavam reunidos ali os treinadores Geninho, pelo lado lusitano, e Felipão, no lado alviverde. Apesar de visitante, o Palmeiras teve a maioria dos 7.531 torcedores que estavam naquela noite de 29 de agosto. O time vivia um momento delicado, pois após a conquista do título da Copa do Brasil, em 11 de julho, o nível do futebol apresentado despencou, fazendo com que estivesse na zona do rebaixamento.

O primeiro tempo terminou 0 a 0, com o Verdão pouco inspirado. Em contra-ataques mortais a Portuguesa acabou com o jogo. No começo da segunda etapa, Ananias fez grande jogada pela direita, e cruzou para Bruno Morais testar livre de cabeça pro fundo das redes. Depois, aos 25 minutos, Rogério aproveitou o espaço deixado por João Vitor na esquerda e chutou firme pro gol. O goleiro Bruno espalmou, e Bruno Moraes foi mais rápido que o zagueiro Leandro Amaro no rebote, e marcou o seu segundo gol.

Felipão havia promovido mudanças na equipe, como a entrada do atacante Maikon Leite, e o volume de jogo melhorou. Bom? Errado, pois foi aí que a Lusa aproveitou os espaços deixados, e Diego Viana arrancou pela direita e tocou para Moisés (ele mesmo, que anos depois seria bicampeão brasileiro com o Verdão) girar bonito e de pé esquerdo marcar um belo gol no estádio.

Com o resultado, a Portuguesa foi a 25 pontos e subiu para a 13ª posição na tabela, enquanto o Palmeiras permanecia na 17ª posição, na zona de rebaixamento. Naquele instante, a situação para o clube começava a ficar muito preocupante, tanto que Felipão viria a ser demitido cerca de duas semanas depois. A campanha, que culminaria com o rebaixamento a segunda divisão, já era péssima naquela altura do campeonato.

Agora, oito anos depois, o Palmeiras vive um dos momentos mais gloriosos de sua história, empilhando troféus nos últimos anos, e volta ao estádio, novamente como visitante. O confronto tem importância mínima para a torcida, já que o treinador Abel Ferreira mandará a campo uma equipe recheada de reservas e jogadores da base, devido a recente maratona de jogos.

Mas, com certeza, quem ligar a TV para acompanhar irá viver um gosto de nostalgia, já que o estádio foi sempre muito simpático ao trio de ferro da capital. A escassez de jogos lá nesse período se deve ao momento delicado vivido pela Portuguesa, qu está na segunda divisão do estadual e na série D do Brasileirão.

Escalações – Portuguesa 3 x 0 Palmeiras – 29/08/2012

Portuguesa – Dida, Luís Ricardo, Gustavo, Valdomiro, Rogério; Ferdinando, Léo Silva, Boquita e Moisés; Ananias e Bruno Mineiro. Técnico: Geninho

Palmeiras – Bruno; João Vítor, Leandro Amaro, Thiago Heleno, Juninho; Henrique, Corrêa, Valdívia; Mazinho, Betinho e Barcos. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Leia também:

+Galiotte descarta desempenho ruim no Paulistão como vexame: “Período de pré-temporada”

+Negociação da MLS por Lucas Lima congela e meia permanece no Palmeiras; entenda

Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top