Copa América

Paraguai e Bolívia voltam a se enfrentar por uma Copa América depois de 22 anos; veja o retrospecto do confronto

Divulgação/Paraguai

Na noite desta segunda-feira (14), Paraguai e Bolívia se enfrentam pela estreia na Copa América. No duelo, pelo Grupo A da competição, e que acontecerá no estádio Olímpico de Goiás, às 21h, as equipes promoverão um reencontro que não ocorria há muito tempo. Ambas seleções não se enfrentavam, por essa competição, há 22 anos. Mais precisamente desde 29 de junho de 1999.

Na Copa América de 1999, disputada no Paraguai, ambas as equipes, curiosamente, também ficaram no Grupo A da edição. Coube a eles, inclusive, fazer a partida de abertura daquela edição de competição. Todavia, contrariando as expectativas dos donos da casa, o time da Bolívia aguentou a pressão, e arrancou um 0 a 0 em pleno Defensores del Chaco, em Assunção.

O empate naquela edição, todavia, foi um dos poucos resultados positivos conquistados pela Bolívia diante deste adversário. O Paraguai tem, ao todo, um histórico muito positivo sobre os bolivianos em Copas Américas. As seleções já se enfrentaram em 10 edições diferentes da competição. O time do artilheiro Marcelo Moreno, em todos estes confrontos só venceu um, em 1963, por 2 a 0. Além disso, houveram dois empates sem gols, em 1999 e 1987, e sete vitórias do Paraguai. Em número de gols marcados então, ampla vantagem paraguaia, 28 contra 7.

Para saber tudo sobre a Copa América, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube!

Prováveis escalações de Paraguai e Bolívia

Vindo de uma derrota para o Brasil, pelas Eliminatórias, o Paraguai busca, desde o início da Copa América, deixar uma imagem positiva para a torcida. Tal objetivo, passa diretamente por estrear com vitória sobre a Bolívia. Diante disso, o técnico Eduardo Berizzo deve escalar a seleção com: Silva; Rojas, Gomez, Balbuena, Júnior Alonso e Arzamendia; Villasanti, Gimenez, Cardozo e Lucena; Óscar Romero e Miguel Álmiron.

Conhecida por ser uma das seleções mais fracas da América do Sul, a Bolívia chega para a competição com um claro avanço técnico. O artilheiro Marcelo Moreno, que joga no Cruzeiro, está em ótima fase, sendo o artilheiro das Eliminatórias. Após uma vitória sobre a Venezuela, e um empate diante do Chile, como visitante, o técnico César Farias deve montar a equipe com: Lampe; Diego Bejarano, Haquin, Jusino e Sagredo; Arce, Justiniano, Danny Bejarano, Cespedes e Ramallo; Marcelo Moreno.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top