Esportes olímpicos

Número de casos de COVID-19 ligados a Paralimpíadas sobe mais uma vez

Número de casos de COVID-19 ligados a Paralimpíadas sobe mais uma vez
OIS Photos/Paralympics/Twitter/Reprodução

Neste domingo, organizadores de Tóquio 2020 divulgaram 30 novas infecções por COVID-19. O número maior registrado, até o momento, diretamente ligado aos Jogos Paralímpicos.

Segundo os organizadores do evento, do total de casos divulgados, todos foram fora da Vila Paralímpica, e incluem mais dois atletas não identificados, que estão em período de quarentena após sua chegada ao Japão, com teste positivo na cidade de Chiba.

Dos 30 casos, 16 eram funcionários contratados dos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020 e oito eram representantes de entidades ligadas ao torneio, Comitê Olímpico Internacional, Comitê Paralímpico Internacional (IPC), Comitês Olímpicos Nacionais, Comitês Paralímpicos Nacionais e Federações Internacionais.

Até o momento, quatro atletas já testaram positivo no Japão antes dos Jogos Paralímpicos, nos últimos três dias. Além disso, dois membros da imprensa credenciada também foram identificados com o vírus da COVID-19.

Os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 serão iniciados na próxima terça-feira, 24 de agosto. Ao todo 4.400 atletas devem competir no evento até o dia 5 de setembro.

Atualmente, o Japão tem vivido a sua quinta maior onda de pandemia desde o início do ano passado, e tem contabilizado mais de 25.000 casos por dia nos últimos três dias.

Apesar do aumento do número de casos de COVID-19 ligados aos Jogos Paralímpicos, Masa Takaya, porta-voz dos Jogos de Tóquio 2020, defendeu, em entrevista coletiva, que as medidas para conter a propagação do vírus no torneio têm sido eficazes.

– O número pode estar aumentando e diminuindo, mas o importante é que já temos um protocolo rígido em vigor. As pessoas em questão são isoladas logo após a confirmação desses casos positivos e identificação de casos de contato próximo. – declarou Takaya.

– É importante ter um plano de resposta rígido e isso está sendo implementado. – reforçou.

No última sexta-feira (20), Hidemasa Nakamura, diretor do Comitê Organizador dos Jogos para Tóquio 2020, afirmou que as medidas antivírus implementadas desde as Olimpíadas têm sido eficazes, porém também revelou que a entidade tem buscado fortalecer as regras de prevenção contra COVID-19.

+Chegada da variante Delta e hospitais lotados preocupam organizados das Paralimpíadas de Tóquio

Dentre as mudanças anunciadas por Nakamura estão o aumento da frequência dos testes e novas imposição de restrições aos credenciados para os Jogos Paralímpicos.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top