Cruzeiro

Em parceria com a FutFanatics, Cruzeiro reformula loja online

Arte: Cruzeiro

Nesta quarta-feira (06), o Cruzeiro anunciou a reformulação de sua loja online. O espaço virtual, que, a partir de agora, contará com a parceria da FutFanatics, consagrada loja de artigos esportivos, passará a se chamar Loja do Cruzeiro e poderá ser acessada pelo site loja.cruzeiro.com.br.

Leia também: Nos próximos três jogos, Cruzeiro tentará se reabilitar de sequência ruim no primeiro turno

Entre os benefícios da nova Loja do Cruzeiro está a otimização do prazo de entrega para todo o Brasil e o fato de que os sócios-torcedores da Raposa terão 15% de desconto em todo site. Em breve, segundo o próprio Cruzeiro, as entregas para o exterior já estarão disponíveis.

Alguns produtos disponíveis na reformulada Loja do Cruzeiro que, por enquanto, só terá espaço online. - Arte: Divulgação/Cruzeiro
Alguns produtos disponíveis na reformulada Loja do Cruzeiro que, por enquanto, só terá espaço online. – Arte: Divulgação/Cruzeiro

Para Edson Potsch, vice-presidente do Cruzeiro, a loja é importante para fomentar uma das prioridades do Cruzeiro: a torcida. Confira o que foi dito:

— Nosso foco sempre será o torcedor. Desde o ano passado temos acompanhado as opiniões e reivindicações dos torcedores que consomem nossos produtos via internet. Com essa nova parceria com a FutFanatics iremos otimizar não só as vendas, mas, especialmente, a experiência para quem quer adquirir os nossos produtos oficiais, inclusive quem mora fora do país.

André Garcia, proprietário da FutFanatics, ressaltou o orgulho da parceria e a importância de prestar um atendimento de qualidade. Veja:

— Para a FutFanatics é um enorme orgulho fazer parte deste projeto inovador. É uma satisfação poder levar produtos oficiais para o torcedor cruzeirense de todo país. Ofereceremos um portfólio variado de itens licenciados, muitas categorias de produtos, projetos exclusivos e vantagens para os sócios. Estamos focados e comprometidos em atender toda torcida da melhor maneira.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top