Bahia

Patrick de Lucca celebra volta da torcida e destaca nova função com Guto

Foto: Antônio Muniz / EC Bahia

A chegada de Guto Ferreira não só trouxe ao Bahia invencibilidade e uma tranquilidade momentânea de estar fora do Z4, mas também destaca a recuperação de algumas peças que estavam escanteadas no elenco. Patrick de Lucca é um dos casos de restauração que Guto vem fazendo. Sobre a nova fase do tricolor na competição, o volante concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira (22).

Com a chegada de Guto coincidindo com a volta da torcida do Bahia à Arena Fonte Nova, Patrick, enfim, pôde estreiar sob a presença da torcida do tricolor de aço. O meio campista do Esquadrão ainda não tinha tido a oportunidade de jogar com a presença de torcedores na Arena, já que foi promovido ao time profissional no fim do ano passado.

-[Eles tem] Importância fundamental. Primeiro jogo como profissional com a torcida, então senti uma energia surreal. Podia ter maior capacidade, mas eu estava sentindo que tinha 50 mil pessoas, então foi uma energia surreal. Por isso que a gente conseguiu ir para a cima. A gente não conseguiu o resultado, mas esse apoio será fundamental – disse o volante.

Foto: Antônio Muniz / EC Bahia
+ Para se ligar nas notícias do Bahia, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook.

De volta ao time titular, Patrick falou sobre a nova função que Guto o designou, um pouco diferente da que Dado Cavalcanti, treinador que também lhe creditou confiança, o atribuia.

-Ele me conhecia dos jogos que atuei contra o Ceará. Teve uma conversa comigo, falou que era para me soltar cada vez mais. Ele pediu isso, mais liberdade. Vai muito do jogo. A gente sente que tem que participar da saída de bola, para chegar com qualidade na frente, mas sei que consigo chegar na frente. Já joguei de segundo volante, zagueiro, volante, então me adapto rápido- explicou.

Embora Patrick e boa parte do time do Bahia venham adotando uma postura mais ofensiva, o desempenho do setor defensivo do Esquadrão com Guto vem demonstrando uma boa performance, estando há três jogos sem ser vazado.

-Foram três jogos sem levar gols. O time está mais compacto, a defesa não fica tão exposta. É uma melhora dos 11, todos marcando e atacando. Desse jeito, nosso time fica melhor, e eu consigo chegar à frente para ter condição de finalizar – concluiu.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top