Conmebol Libertadores

Patrocinadora da Conmebol Libertadores abre votação popular para melhor da competição, veja os indicados

Foto: Divulgação / Bridgestone

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) e a patrocinadora da Libertadores, vai realizar uma votação popular para o melhor jogador da competição.

O prêmio, será um anel personalizado com pedras preciosas, modelado em homenagem ao estádio do Maracanã, palco da final.

Os critérios da eleição são da seguinte forma: quatro indicados, dois atletas de cada time que integra a grande decisão.

O goleiro Weverton, o ponta Rony do Palmeiras, o meia venezuelano Yeferson Soteldo e o atacante Marinho do Santos, destaques de suas respectivas agremiações. A enquete, estará aberto ao público pela internet, até o dia da final.

O anel, que em sua moldura têm a imagem esculpida do Maracanã, possui 30 gramas de ouro, 131 diamantes, uma safira amarela e uma esmeralda. Dentro do objeto, está escrito palavras como “Best Of The Tourment”, “Conmebol Libertadores” e ano da conquista.

Após o encerramento do confronto, o ganhador, vai receber o presente de luxo durante a cerimônia de premiação.

Na edição de 2019, o vencedor, foi o ponta Bruno Henrique, do atual campeão Flamengo.

“Um anel inspirado no Maracanã, o maior templo da história do futebol, que representa o símbolo do compromisso de ser o melhor jogador das Américas” – enalteceu a Bridgestone, a patrocinadora que promove o torneio continental.

Esta ação de marketing, promove o quanto à competição se valorizou como produto para o mercado externo.

Durante toda a competição, a cada final de partida, sempre é eleito o melhor jogador da partida, com um troféu com o logo da marca que expõe o seu nome na competição.  

Para votar, clique aqui Bridgestone Sports.

A final da Libertadores entre Santos e Palmeiras, vai ocorrer no dia 30 de janeiro, às 17:00 (Horário de Brasília), no estádio do Maracanã.  

Quer saber mais sobre a Conmebol Libertadores, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top