Futebol Internacional

Paulinho rescinde com o Guangzhou Evergrande e está livre no mercado

Via Imago Images

Campeão da América e do mundo com a camisa do Corinthians, o volante Paulinho anunciou neste domingo (dia 20) que rescindiu o contrato com o Guagzhou Evergrande, da China. O vínculo do jogador ia até junho de 2022, mas a decisão foi tomada devido às fronteiras do país estarem fechadas para a chegada de brasileiros. Paulinho veio ao Brasil para passar o Natal e o Réveillon. Tentou regressar ao Oriente quatro vezes, mas não obteve sucesso.

O sexto maior artilheiro da seleção canarinho na Era Tite está livre para negociar com qualquer clube. Além das sondagens dos clubes brasileiros que defendeu – Corinthians e Red Bull Bragantino -, times da Europa e da Ásia já demonstraram interesse no atleta de 32 anos, como o Galatasaray. Paulinho espera definir em breve, com a ajuda da família, a próxima equipe que vai defender. Em suas redes sociais, ele agradeceu ao Guangzhou pelos anos de parceria e relembrou os números da passagem vitoriosa.

— Hoje chegou ao fim um dos mais importantes ciclos da minha carreira. Lá em 2015, o Guangzhou Evergrande acreditou em mim, confiou no meu trabalho e o resultado dessa parceria está retratado nos 74 gols, 172 jogos e oito títulos que conquistamos. Foram anos incríveis profissional e pessoalmente, que ficarão guardados na memória com muito carinho. A pandemia alterou profundamente a dinâmica mundial e, no meu caso, infelizmente, provoca minha despedida antecipada do clube. Vou com o peito apertado, mas o sentimento de dever cumprido. Só tenho a agradecer ao clube, aos meus colegas de trabalho e aos amigos que fiz na China — escreveu.

+ Siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Desde março, Paulinho treina em Bragança Paulista com o Red Bull Bragantino. Não entra em campo para uma partida oficial desde o dia 12 de novembro de 2020, na derrota por 2 a 1 para o Jiangsu Suning na final do Campeonato Chinês. Na época, a equipe rival tinha no elenco os brasileiros Miranda – hoje no São Paulo – e Alex Teixeira, ex-Vasco.

Paulinho conquistou quatro vezes o Campeonato Chinês, uma Taça da China, duas Supercopas da China e uma Liga dos Campeões da Ásia. Foi o artilheiro da liga nacional em 2020, com 12 gols marcados.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top