Athletico

Paulo Autuori elogia consistência do Furacão diante do São Paulo: “O Athletico fez um jogo plenamente consistente.”

Foto: Reprodução/Athletico

Neste domingo (17), o Athletico empatou com o São Paulo em casa por 1 a 1, gols de Renato Kayzer e Tche Tche. Com este resultado o Furacão subiu uma posição na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro 2020, e agora ocupa a 10ª colocação com 39 pontos ganhos e Paulo Autuori comentou sobre o desempenho do time, os pontos positivos e os destaques do time.

Para o treinador athleticano, Paulo Autuori, o time fez uma partida bastante consistente:

  • Para mim, o Athletico fez um jogo plenamente consistente. Manteve uma regularidade muito grande. O São Paulo tentou desenvolver o seu jogo e o Athletico não permitiu. Fiquei muito satisfeito. Temos muito claro o que temos que fazer. Se conseguíssemos ser mais assertivos em alguns momentos, teríamos vencido o jogo.

Outro ponto abordado por Autuori foi a perspectiva do Furacão no Campeonato Brasileiro: 

  • A oscilação permite tudo. A equipe do Athletico está crescendo. Em termos de ideia, de momentos de jogo, como aborda sua fase defensiva, como cria na fase de construção bastante movimentos interessantes para acelerar e dar velocidade ao jogo, ainda precisamos ainda ser mais assertivos nesse último terço, porque as jogadas estão a acontecer.

Autuori comentou também sobre enfrentar o São Paulo e analisa o desempenho da equipe:

  • Não é por estar enfrentando o líder. Nós entramos para ganhar o jogo. Nossa estrutura defensiva não foi vazada em nenhum momento. Fizemos um jogo bastante vertical e deixamos em alguns momentos de tomar a decisão mais assertiva de ser contundente.

O próximo compromisso do Athletico será no dia 20 de janeiro, quando o Furacão visita o Bahia na Arena Fonte Nova às 18h, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020. O rubro-negro ocupa a 10ª posicao na tabela do Brasileirao, com 39 pontos ganhos.

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top