Guarani

Pedido de Michel Alves trava saída de Bruno Paulo do Guarani; entenda

Sem espaço no Guarani, Bruno Paulo atrai interesse do Brasil de Pelotas para Série B | Crédito: Thomaz Marostegan / Guarani FC

A negociação do Guarani junto ao Brasil de Pelotas por Bruno Paulo esfriou.

Michel Alves, superintendente executivo de futebol do Bugre, exigiu pagamento de R$ 60 mil para liberar o atacante imediatamente, o que travou a transferência do atacante ao Xavante.

LEIA MAIS: Guarani é derrotado pelo Água Santa e desperdiça classificação na Copa Paulista

O jogador, vinculado ao Bugre até o fim da Série B do Campeonato Brasileiro, em 31 de janeiro de 2021, tinha acertado as bases salariais com o clube gaúcho, pelo qual defendeu na temporada anterior, porém viu a transação congelar após pedido inesperado da diretoria.

De acordo com apuração, camisa 70 está bem fisicamente após lesão muscular na coxa e apto para ser utilizado por Felipe Conceição no elenco principal, mas não foi relacionado para encarar o Botafogo-SP, na última sexta-feira, por opção técnica.

O profissional, inclusive, foi titular nos dois últimos compromissos do Alviverde na Copa Paulista no elenco, mas não tem intenção de seguir a serviço do Sub 23 se não for útil na disputa da Série B – anotou hat-trick na vitória por 5 a 3 em cima do Nacional, em São Paulo.

A decisão de Michel, que não é unanimidade no Brinco de Ouro da Princesa, desagradou pessoas próximas a Bruno, que não viajou com a delegação para Curitiba, onde o time campineiro mede forças com o Paraná, na terça-feira, no Durival de Britto.

QUASE LÁ!

O Brasil de Pelotas, nos bastidores, já dava o negócio como praticamente selado, porém mostrou descontentamento com a postura do dirigente bugrino na negociação, tornando inviável a batida do martelo mediante depósito de uma multa considerada ‘alta’

O atacante também foi oferecido ao Caxias na última semana, além de ter recebido sondagens do Náutico.

Ele foi contratado pelo Conselho de Administração no meio de agosto, mas só estreou um mês depois – no revés frente o Confiança – ao passar por recondicionamento físico.

FÍSICO

Embora tenha participado de alguns treinamentos do profissional na semana anterior, Paulo está a serviço do ‘time B’ e, a pedido de Sérgio Baresi, tem aumentado a minutagem em campo para adquirir maior ritmo de jogo antes de brigar por posição na continuidade da Série B.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top