Futebol americano

Pelo segundo ano consecutivo, Jaguars garantem primeira escolha geral do Draft

Jaguars Lawrence
Kam Nedd/Jacksonville Jaguars

Em uma temporada conturbada, os Jaguars não tiveram êxitos e encerraram seu ano neste domingo, 9, com um alento. Diante da sua torcida, Jacksonville venceu o Indianapolis Colts por 26 a 11 e terminou na última colocação geral da liga. Isso significa que a franquia está garantida como a primeira a escolher no próximo Draft, fato que também aconteceu na edição 2021 do evento.

Neste ano, os Jaguars tiveram um desempenho ligeiramente melhor do que na temporada passada. Com três vitórias em 17 jogos, a franquia conviveu com lesões e problemas extra-campo que ainda resultaram na demissão do treinador Urban Meyer antes do fim da temporada. Todo o ambiente conturbado e os problemas no elenco não aliviaram em mais um ano muito ruim. O único alento é poder estar no topo do Draft e escolher o melhor calouro para reforçar o elenco.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Em 2021, Jacksonville teve na mesma posição ao terminara a temporada com uma vitória e 15 derrotas. Na primeira colocação do Draft, a franquia escolheu Trevor Lawrence, quarterback, de Clemson, e que era um dos principais destaques do College Football. Apesar de toda a expectativa, o camisa 16 não teve o desempenho esperado em campo com atuações bem abaixo em campo. Ao todo foram 3418 jardas, 10 touchdowns e 17 interceptações e um ano com pouquíssimas coisas para serem aproveitadas. Mesmo diante de um ano ruim, Lawrence seguirá como titular da posição.

Para a próxima temporada são várias as opções que deverão ser pensadas. A primeira delas será escolher um técnico antes do Draft. Após isso, o novo comandante se reunirá com o General Manager Trent Baalke para definir os pontos a serem melhorados e quais posições atacar no Draft. Com o aumento do teto salarial, aquisições e trocas também podem serem pensadas para elevar os números e retomar alguns bons desempenhos da história recente dos Jaguars.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top