Corinthians

Penãrol: Saiba mais sobre o próximo adversário do Corinthians na Sul-Americana

Jogadores do Penãrol comemorando gol
Foto: Divulgação/@OficialCAP

Depois de empatar em 0 a 0 com o River Plate, do Paraguai, em sua estreia na Copa Sul-Americana 2021, o Corinthians receberá, nesta quinta-feira (29), na Neo Química Arena, um gigante do futebol sul-americano.

Pentacampeão da Libertadores e tricampeão intercontinental, o Penãrol é um dos clubes mais vitoriosos da América do Sul e, junto ao rival Nacional, forma a dupla de maiores times do Uruguai. A equipe de Montevidéu, somando os títulos do Club Uruguay Railway Cricket Club, time que deu origem ao “Carbonero”, possui 50 taças do campeonato nacional, sendo o maior vencedor da competição.

Apesar do peso de sua camisa por conta das glórias do passado, atualmente, o Penãrol não vive grande fase. Tendo faturado pela última vez o campeonato local em 2018, os Aurinegros viram o rival tricolor vencer a competição nos últimos dois anos. 

Em 2020, no campeonato que se encerrou apenas em 29 de março de 2021, o time de Montevidéu ficou com a terceira posição, tendo que disputar a primeira fase da Copa Sul-Americana, contra o Cerro Largo, sexto colocado na competição nacional. No confronto de dois jogos, o Carbonero passou de fase após empate por 2 a 2 no duelo de ida e vitória por 4 a 1 em casa no jogo da volta.

Como chega para o confronto

Os Aurinegros, diferente do Corinthians, possuem suas forças voltadas apenas para a Copa Sul-Americana, uma vez que o Apertura 2021 – espécie de primeiro turno do campeonato uruguaio — só terá início em 8 de maio.

O time é comandando pelo técnico Mauricio Larriera desde o início de 2021 e, na estreia da fase de grupos, bateu em sua casa, o estádio Campeón del Siglo, o Sport Huancayo, do Peru, por 5 a 1, tornando-se o líder do Grupo E. 

O principal nome da partida foi o atacante Agustín Álvarez Martínez, que anotou dois gols e chegou a artilharia da competição, com quatro tentos. O “Canario”, como é chamado pela torcida aurinegra, tem somente 19 anos é visto dentro do clube como uma joia, tendo renovado seu contrato com o Penãrol nesta semana até o final de 2023.

Agustín Álvarez Martínez, atacante do Peñarol
Novo contrato de Martínez deixou sua multa contratual em 20 milhões de dólares – Foto: Divulgação/@OficialCAP

Outro atleta que se destaca no sistema ofensivo do Carbonero é Facundo Torres. Com 21 anos, o meia soma convocações para as seleções sub-15, sub-17 e sub-20 do Uruguai e também é visto em seu país com um jogador muito promissor. Ele e David Terans — que está emprestado ao Peñarol pelo Atlético-MG e faz dupla de ataque com Álvarez — têm dois gols cada na Sul-Americana.

Torres, destaque do Penãrol
O camisa 10 se destaca pelos chutes de média distância com a perna esquerda – Foto: Divulgação/@OficialCAP

Para balancear a entrada dos jovens no time aurinegro, Larriera conta com nomes de bastante prestígio no futebol uruguaio e com rodagem na Europa em seu elenco. Maximiliano Pereira e Walter Gargano, ambos com 36 anos de idade e Copa do Mundo pelo Uruguai no currículo, dão experiência ao Carbonero. Porém, apenas Gargano vem sendo escalado como titular nas últimas partidas e deve começar jogando contra o Timão.

O elenco aurinegro também conta com nomes que já passaram pelo Brasil. O volante argentino Damián Musto, que até o início de 2021 disputou junto com o Internacional o título do Brasileirão, foi anunciado pelo Penãrol no último dia 14 e pode fazer sua estreia na Neo Química Arena.

Musto, ex-jogador do Internacional
Musto foi vice-campeão do Campeonato Brasileiro 2020 com o Internacional – Foto: Divulgação/@OficialCAP

Diferente de Musto, Ariel Nahuelpán teve sua passagem mais marcante pelo futebol brasileiro há mais de uma década. Em 2008, desembarcou no sul do Brasil para jogar pelo Coritiba e ficou na capital paranaense até 2010. Depois, voltou ao país em 2016 para vestir a camisa do Internacional por empréstimo, mas não conseguiu se destacar como nos tempos de Coxa, se despedindo no mesmo ano. Ele provavelmente ficará como opção no banco de reservas.

O time que deve começar jogando contra o Alvinegro paulista deve ter apenas apenas uma mudança em relação aos onze que iniciaram a partida de estreia dos Aurinegros na Sul-Americana, com a entrada de Canobbio na meia direita, no lugar de Acosta, e González deve ser deslocado da segunda linha para a lateral direita. Assim, o Peñarol deve manter o esquema 4-4-2 e começar com: Dawson; González, Formiliano, Kagelmacher, Piqueres; Trindade, Gargano, Canobbio, Torres; Tierans e Martínez.

Cannobio, jogador do Peñarol
Cannobio, que reestreou pelo Penãrol contra o Sport Huancayo, deve começar como titular – Foto: Divulgação/@OficialCAP

Duelo importantíssimo

É válido lembrar que apenas o primeiro colocado de cada grupo passa para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. As outras oito equipes que disputarão essa fase da competição serão os terceiros colocados dos grupos da Libertadores.

Por conta do tropeço contra o River Plate, o Corinthians pode se complicar em relação às suas chances de passar de fase caso não vença o Penãrol em casa. O time uruguaio bateu o quarto integrante do grupo — Sport Huancayo, do Peru — por 5 a 1 e, além de somar os três pontos, fez um bom saldo de gols, algo que pode ser decisivo para selecionar quem será o líder do Grupo E ao final das seis rodadas.

Para saber tudo sobre o Corinthians, siga o Esporte News Mundo no Instagram, Twitter e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top