Campeonato Brasileiro

Perdas de pênalti fazem Fortaleza perder pontos valiosos no Brasileirão

Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC

Nesse último sábado (21), o Fortaleza foi até Caxias do Sul para visitar a equipe do Juventude. Como resultado do confronto, empate em 1×1 entre as equipes. Marcelo Benevenuto abriu o placar para o Leão, enquanto Ricardo Bueno deixou tudo igual para o Papo. O Tricolor do Pici, com 32 pontos, segue na terceira colocação do Campeonato Brasileiro Série A 2021.

+ LEIA MAIS | Atuações ENM: Robson perde chances, Bruno Melo desperdiça pênalti e coletivo tem mau segundo tempo diante do Juventude; veja notas

Ao final do jogo, o Fortaleza teve, nos pés de Bruno Melo, a chance mais clara de vencer a partida. Após pênalti marcado pelo VAR, o lateral do Leão bateu a penalidade na trave e, mais uma vez, o time cearense perdeu a oportunidade de triunfar no Campeonato Brasileiro por causa do insucesso em penalidades máximas.

Nesta temporada da elite do futebol nacional, o Fortaleza já desperdiçou três penalidades, onde todas desempatariam o placar dos confrontos. Primeiramente, diante do Grêmio, Yago Pikachu cobrou e o goleiro Chapecó defendeu. Em seguida, contra o Santos, foi a vez de Lucas Crispim ter sua cobrança defendida, desta vez por João Paulo. Por último, Bruno Melo bateu na trave frente ao Juventude. Ao todo, o Tricolor de Aço deixou pelo caminho potenciais seis pontos, os quais colocariam o Leão na provisória liderança do Brasileirão.

Ao todo, em 2021, o Fortaleza teve, ao seu favor, sete cobranças de pênalti. Dessas, apenas três foram convertidas. Para a surpresa de poucos, o autor dos três gols foi o mesmo: Wellington Paulista. O experiente atacante converteu, inclusive, as duas penalidades mais importantes da temporada do Leão. Contra o CRB, Wellington entrou no segundo tempo após voltar de lesão e, com dois tentos de pênaltis, virou o placar do duelo de ida e ajudou o Tricolor do Pici a encaminhar a vaga para as quartas de final da Copa do Brasil 2021.

+ Para saber tudo do Fortaleza, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagramFacebook e YouTube!

Questionado sobre o problema de perdas de pênalti da equipe do Fortaleza, o treinador Juan Pablo Vojvoda comentou: ‘(Falta de) Concentração não, treinamento tampouco. Nos pênaltis, não somente falham Pikachu, Crispim ou Bruno Melo, neste caso. Grandes jogadores de nível mundial falham em pênaltis. Nós temos sim que fazer autocrítica e buscar melhorar essa situação. Focalizarei a minha energia também em treinar pênaltis’, disse o argentino.

De fato, quaisquer jogadores do futebol mundial estão sujeitos a perderem pênaltis. Afinal, só erra quem bate. No entanto, em um elenco vasto e com muitos jogadores de qualidade, não se pode “depender” de apenas um jogador para fazer gols em penalidades máximas. Esta é a prova de que pênalti não é fácil, muito menos sorte ou “loteria”. Trata-se de treino, psicológico e confiança. Além disso, como visto, podem definir o placar de um duelo.

Em uma competição como o Brasileirão, pênaltis valem pontos valiosos e, consequentemente, posições na tabela de classificação. Ao torcedor do Fortaleza, que já está maravilhado com a campanha do Leão, fica o gostinho de “quero mais”, pois, de fato, o Tricolor do Pici esteve muito perto desse “mais”, mas não o conquistou por evitáveis deslizes.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top