Futebol Internacional

Phil Jones é procurado por 13 clubes e pode deixar Manchester United no próximo ano, diz jornal

Photo by Alex Pantling/Getty Images

Philip Anthony, de 29 anos, conhecido como Phil Jones, zagueiro do Manchester United, não entra em campo desde janeiro do ano passado. Mesmo com a distância dos gramados, o atleta não deve encontrar dificuldades para assinar com um novo clube. De acordo com o jornal britânico/irlandês The Sun, 13 times estão interessados no atleta. 

O jogador, desde que chegou ao Manchester United, viveu momentos importantes e até se tornou uma peça chave para o elenco. O inglês chegou ao Old Trafford na temporada de 2011/12 e sempre alternou entre a titularidade e a reserva. Phil também participou da Copa do Mundo de 2018, sendo parte do elenco de Gareth Southgate. Pouco depois da Copa, o atleta começou a ter problemas com a questão física.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Phil não defende a camisa dos Red Devils há 22 meses, em razão de uma lesão que o afastou do elenco. O zagueiro se machucou em uma partida contra o Tranmere Rovers. O Manchester United tenta fazer negócio com Jones desde o verão passado, mas tem o salário como um empecilho. Em janeiro do próximo ano, de acordo com o The Sun, o clube inglês pretende tentar colocar o atleta novamente no mercado. Para a sorte de ambas as partes, é possível que não encontrem obstáculos para a saída do jogador, já que há 13 equipes interessadas.

Na lista de clubes estão Watford e Newcastle, que disputam a Premier League, e Derby County, que participa do Championship, campeonato da segunda divisão do futebol inglês. O desejo do empresário do jogador e treinador dos “The Rams”, Wayne Rooney, é que sua transferência seja para o Derby County, mas a situação financeira do clube pode dificultar a chegada de Phil.

Wayne Rooney é efetivado no comando técnico do Derby County

Jones tem contrato com o United até junho de 2023, portanto, um empréstimo seria a ponte ideal para que o clube inglês consiga vendê-lo, uma vez que, no momento, não é possível lucrar com a venda por conta das lesões nos últimos meses. 

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top