Eurocopa

Polônia de Lewandowski perde para Eslováquia em sua estreia na Euro

Polônia
Foto: Tomasz Jastrzebowski/Olimpik via Imago Images

Em sua estréia pela Eurocopa 2020, a Polônia de Robert Lewandowski, o atual melhor do mundo, perdeu para a seleção da Eslováquia, no primeiro jogo do grupo E por 2 a 1. O estádio de São Petesburgo sediou esse duelo, que contou com gol contra e cartão vermelho. Com o resultado, a Eslováquia assume a ponta da tabela, enquanto a Polônia vai para o último lugar. Espanha e Suécia se encontram logo em seguida pela primeira rodada do grupo.

O JOGO

Em campo, a Polônia estabeleceu um sistema para que o jogo gire em torno de Lewandowski, o centro-avante que se tornou o melhor do mundo em 2020. Já a Eslováquia aposta numa marcação baixa, para poder contra-atacar, uma vez que seu único nome de referência no ataque é Hamsik. O jogo começou agitado, com chances para ambos os lados, que buscavam o gol. Contudo, foi somente aos 17 minutos que o placar se abriu.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

O camisa 20 eslovaco, Robert Mak, recebeu a bola na ponta esquerda, e, marcado por dois, deu uma caneta no defensor Berezynski, invadiu a área e chutou a bola. Porém a bola bateu na trave e voltou nas costas do goleiro Szczesny que, caído no chão, empurrou a bola para o gol, tirando o zero a zero do placar. No decorrer da primeira etapa, com 73% de posse polonesa da bola, ambos os times conseguiram chegar perto do segundo gol, mas nenhum concluiu de maneira certeira.

Logo depois da volta do vestiário, o time da Polônia abriu o placar com Linetty. Após uma bela troca de passes, Rybus tocou para o camisa 8, na grande área, finalizar e igualar o placar. Apesar do empate, o emocional polonês foi abalado aos 16’, quando o camisa 10, Krychowiak, recebeu o segundo amarelo e foi expulso de campo. Resultado dessa desvantagem numérica, surgiu aos 22’, após escanteio, o zagueiro Skriniar dominou e chutou de perna direita ao gol, recuperando a liderança no placar.

Aos 44’, a Polônia teve a grande chance de mais uma vez empatar com um chute de Bednarek, que ao furar pela primeira vez, tirou tinta da trave esquerda de Dúbravka. No último lance do jogo, o goleiro eslovaco ainda fez uma boa defesa, garantindo a vitória do país. Partida encerrada e o defensor Skriniar foi eleito o melhor da partida.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top