Chapecoense

Ponte Preta aguarda impasse no mercado para anunciar Vini Locatelli; entenda

Vini Locatelli será confirmado como reforço da Ponte Preta para 2021
Crédito: Márcio Cunha / ACF

Detalhes burocráticos separam a Ponte Preta do anúncio da contratação de Vini Locatelli.

Integrado ao elenco durante pré-temporada em Itu, meio-campista espera definição de impasse envolvendo Macaca, Chapecoense e Ferroviária no que diz respeito à forma de contrato.

+ Fábio Moreno mira fim de tabu de nove anos na Ponte Preta; saiba qual é

Embora já seja dado internamente como reforço garantido, atleta ainda tem incerteza do modelo de negociação entre os clubes envolvidos nas tratativas.

Depois de rescindir vínculo amigavelmente com o Verdão do Oeste, atleta vai assinar contrato por um ano com a Alvinegra.

Há duas possibilidades reais de viabilizar a situação: fechar contrato mais longe – em definitivo – com a Locomotiva e ser emprestado ao clube campineiro ou assinar acordo com o Departamento de Futebol até o fim da Série B do Campeonato Brasileiro com saída obrigatória em 2022.

Revelado no interior catarinense, Locatelli ainda vai ter uma fatia dos direitos econômicos vinculado à Chapecoense, independentemente do modo como o negócio será conduzido até o desfecho.

A expectativa da diretoria executiva era de que o caso fosse solucionado na semana passada.

“Em relação ao Vinícius Locatelli, eu posso afirmar para vocês que está muito bem encaminhado. É uma questão de tempo para a gente poder estar oficializando isso, mas está bem adiantado”, revelou Alex Brasil, executivo de futebol, na segunda-feira passada, em coletiva de imprensa.

TEM MAIS

Além de Vini, a Ponte Preta tem conversas encaminhadas para selar o empréstimo do volante Marcos Júnior junto ao São Paulo.

O clube também procura no mercado um atacante para ocupar as vagas após saídas de Bruno Rodrigues (São Paulo) e Guilherme Pato (Internacional).

Desde o fim da temporada 2020, a Macaca confirmou cinco contratações para disputa do Campeonato Paulista: o zagueiro Ednei, os meias Renan Mota e Thalles e os atacantes Bruno Michel e Paulo Sérgio.

A tendência é de que o plantel seja completado com até oito contratações no geral.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top