Ponte Preta

Ponte Preta reforça psicológico antes da Copa do Brasil: ‘Muito poder’

Ponte Preta reforça psicológico antes da Copa do Brasil: 'Muito poder'
Crédito: Diego Almeida / AA Ponte Preta

A Ponte Preta reforçou o aspecto psicológico dos jogadores antes de enfrentar o Criciúma, nesta quinta-feira, em duelo único e decisivo pela segunda fase da Copa do Brasil.

Com status de favorita, Macaca desafia o Tigre com objetivo de embolsar premiação de R$ 1,7 milhão, valor suficiente para arcar quase três folhas salariais do elenco.

+ Ponte Preta aprimora pênaltis antes de decisão na Copa do Brasil

“Eu acredito muito no poder da preparação psicológica. Aliás, eu acho que a preparação psicológica se sobrepõe à parte tática, técnica e física. Eu acredito que o ser humano é meio movido à capacidade de mobilização intelectual, de esforço, de engajamento na partida e de resiliência”, comentou o técnico Fábio Moreno.

“Quando as coisas não acontecem, é você saber enfrentar o problema. Tem motivação e concentração. Eu acho que tudo isso se sobrepõe à questão física, técnica e tática. Por isso, algumas equipes se superam, porque tem o mental forte. É um ponto central daquilo que eu acredito, do futebol que eu acredito e do meu trabalho em si”, acrescentou

ESPELHO

A inspiração de Fábio Moreno para implementar este trabalho motivacional na Ponte Preta é Bernardinho, ícone histórico do voleibol brasileiro.

“Eu, há muito tempo, tive a oportunidade de participar de uma palestra do Bernardinho, que é multicampeão pelo vôlei. Ele falava muito sobre o poder da preparação mental. Ele, nessa palestra, foi no Rio de Janeiro, falou que sabia que o resultado viria quando todos do time acreditavam que eles tinham feito o máximo na semana para o jogo. Quando ele recebia o feedback que os caras estavam muito bem preparados, ele sabia que os caras iriam com confiança em quadra e executavam aquilo que foi proposto”, comentou.

“O resultado era consequência. É muito nessa filosofia do Bernardinho do que eu acredito. Então a gente trabalha à exaustão e repete. A gente não tem um treino só de descanso assim, um treino de baixa intensidade e um treino sem alguma conotação específica da partida. É justamente para que eles se sintam bem preparados e com todas as informações necessárias para a partida para executar”, finalizou.

A Ponte Preta visita o Criciúma, no Estádio Heriberto Hulse, a partir das 19h, depois de quase um mês sem disputar uma partida oficial.

Conforme regulamento da Copa do Brasil, em caso de empate no tempo regulamentar, o classificado será definido nas cobranças de pênalti.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top