Automobilismo

Por combate ao racismo, Mercedes vai correr com carros pintados de preto nesta temporada

Foto: Divulgação/ Mercedes

A luta contra o racismo no mundo ganhou um importante aliado. A equipe de Fórmula 1, Mercedes, atual hexacampeã do mundial de construtores e de pilotos, uma vez com Nico Rosberg e cinco com Lewis Hamilton, um dos principais entusiastas do movimento antirracista, revelou nesta segunda-feira (29) uma nova pintura de seus carros na cor preta para toda a temporada 2020 da categoria. Visando apoiar a onda que se espalhou por várias partes do planeta, suas maquinas também terão a frase “End Racism”, que em português quer dizer “Acabe com o Racismo”.

Vale lembrar que a Mercedes havia prometido melhorar a diversidade dentro da equipe e ser uma das principais bandeiras na luta contra o racismo no mundo do automobilismo. A equipe alemã, que tem tradicionalmente a cor prata, disse que o movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam) “lançou luz sobre o quanto precisamos de novas medidas e ações na luta contra o racismo e todas as formas de discriminação”.

Toto Wolff, chefe da Mercedes, disse em comunicado que ser contra o racismo apenas não basta e é preciso usar a voz que a equipe tem para combater o crime no mundo inteiro.

“Racismo e discriminação não têm lugar em nossa sociedade, esporte ou equipe: esta é uma crença central na Mercedes. Mas ter as crenças e a mentalidade certas não é suficiente se permanecermos em silêncio. Desejamos usar nossa voz e nossa plataforma global para defender o respeito e a igualdade, e para isso as Flechas de Prata correrão de preto durante toda a temporada 2020 para mostrar nosso compromisso com uma maior diversidade dentro de nossa equipe e esporte”, afirmou o dirigente.

A temporada da Fórmula 1 começa no próximo domingo (05/07), com o GP da Áustria, que também será o grande prêmio do dia 12 de julho.

Vários comentários

2 Comments

  1. Pingback: Mariana Becker cobrirá a temporada 2020 da Fórmula 1 viajando de carro

  2. Pingback: Hamilton: "Black Lives Matter faz vencer o título mais importante" - ENM

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo