Futebol Internacional

Premier League aumenta restrições para evitar maior contágio da Covid-19

Divulgação / Tottenham

A Premier League enviou esta sexta-feira (8) uma carta para todos os clubes tornando mais rígidos os protocolos de cuidados contra a Covid-19.

Na carta, a liga pediu para os clubes relembrarem aos jogadores a importância de seguir todas as obrigações, afirmando que a fiscalização será maior a partir de agora.

Com exceção dos jogadores e técnico principal na beira do campo, todas as demais pessoas que estiverem presentes no estádio deverão utilizar máscaras, incluindo jogadores nos bancos de reservas e jornalistas.

Houve também o aumento de dois para três veículos obrigatórios para as delegações chegarem aos estádios, buscando aumentar o distanciamento social.

Há também a recomendação para os clubes punirem “severamente” jogadores que desrespeitarem qualquer uma das regras estabelecidas pela liga e pelas autoridades sanitárias locais.

Por fim, os momentos de encontros entre os jogadores deverá ser “estritamente” evitado, como por exemplo, nos momentos pré-jogo dentro do túnel.

“É vital garantir a confiança do público, do governo e das partes interessadas nos protocolos de treinamento e da jornada de jogo para que as transgressões individuais cometidas por pessoas relevantes sejam devidamente investigadas e sancionadas pelos clubes.”

“Não fazer isso pode resultar em ação disciplinar pela liga individualmente contra a pessoa relevante, quando apropriado (por exemplo, quando sua conduta traz descrédito à liga) e / ou contra o clube (onde a conduta da pessoa relevante constitui uma violação do protocolo de treinamento.”, afirmou a Premier League

Esta carta (obtida e divulgada pela Sky Sports) surge justamente em um momento delicado da Covid-19 no Reino Unido. Apesar da vacinação estar ocorrendo, o aumento do contágio nas últimas semanas foi significativo em todo país, incluindo na Premier League.

Além disso, fotos divulgadas em redes sociais mostraram que jogadores atuantes no Campeonato Inglês quebraram regras de distanciamento ao se aglomerarem em casas para o Natal.

Cabe lembrar que o governo britânico havia autorizado o retorno do público aos estágios em dezembro de 2020, com até dois mil torcedores frequentando os jogos, desde de que houvesse estabilidade no número de casos.

Aos poucos, os clubes ficaram incapacitados de receberem torcida por causa do alto nível local de contágio. Liverpool e Everton foram os últimos times que jogaram com torcida na atual temporada da Premier.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top