Campeonato Paulista

Presidente da Ponte Preta declara apoio ao PL 2125: ‘Resposta emergencial’

Presidente da Ponte, Tiãozinho defende PL 2125 | Crédito: Luiz Guilherme Martins / PontePress

O Projeto de Lei 2125/2020, o qual trouxe revolta em boa parte dos jogadores do futebol brasileiro, ganhou apoio de Sebastião Arcanjo, presidente da Ponte Preta.

A emenda, de autoria de Arthur Maia (DEM-BA), prevê a suspensão do pagamento do Profut durante a pandemia do novo coronavírus, o que traz alívio temporário às contas da Macaca neste período de queda de receitas.

“O projeto nasceu de um esforço da CBF e dos clubes brasileiros para adaptar as condições à situação gerada pelo coronavírus. É uma resposta emergencial para mitigar os impactos trazidos pela doença”, declarou Arcanjo, em contato com a reportagem do Esporte News Mundo.

“Vamos acompanhar com interesse a votação, lembrando que ainda tem de ir para o senado e sanção presencial antes de se tornar realidade”, emendou o cartola.

ENTENDA

A votação do Projeto de Lei 2125/2020 foi inicialmente agendado para terça-feira, mas acabou adiado para quarta, 03 de junho, na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Entre as principais propostas da emenda estão: mudança nos regulamentos e calendários de competições já iniciadas; corte de 50% na cláusula compensatória em caso de rescisão unilateral aos atletas com salário superior a R$ 12,2 mil e liberação para assinatura de acordos válidos por um mês.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top