Atlético-GO

Presidente do Dragão fala sobre a filosofia que o clube busca: ‘ Uma que resgate um time mais ofensivo e que consiga as vitórias’

FOTO: DIVULGAÇÃO/ATLÉTICO-GO

Na tarde da última segunda-feira (27), o Dragão anunciou através das suas redes sociais à saída do treinador Eduardo Barroca, a decisão foi tomada em comum acordo.

O presidente do clube, Adson Batista, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira (28), no CT do Dragão e falou sobre ter tranquilidade para escolher um novo técnico.

— Fiz algumas sondagens, mas eu não tenho nenhuma negociação avançada.  A comissão permanente vai comandar o time no próximo jogo, a comissão tem as estratégias e os métodos que nós entendemos serem os melhores, porém, precisamos de uma referência, de um comando e vamos buscar com calma, porque não temos muitas opções no mercado — falou.

Adson falou do desejo de ter um time mais ofensivo.

— Nós precisamos de uma ousadia, de uma filosofia que seja um pouco diferente e que resgate um time mais ofensivo e que consiga as vitórias. No último jogo gostei muito da equipe, ela foi competitiva e criou oportunidades, mas não conseguimos vencer — disse.

+ Para se ligar nas notícias do Atlético-GO, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

O presidente do time rubro-negro disse que o clube não pode ficar em uma zona de conforto.

— Nós nunca vamos nos acomodar, sabemos que sempre podemos mais. A zona de conforto é muito prejudicial, por isso, temos que competir em todos os momentos e buscarmos a excelência, para não sermos superados pelos adversários — declarou.

Adson descartou a possibilidade de contratar um treinador estrangeiro.

— Treinador estrangeiro nesse momento está descartado, pois necessita de um tempo maior de adaptação e agora não temos mais margem de erro, precisamos conseguir nossos objetivos na temporada — disse.

 O próximo duelo do time rubro-negro é no sábado (2) às 17h (horário de Brasília), na Arena Castelão, na capital cearense, contra o Fortaleza.

Eduardo Barroca não é mais técnico do Atlético-GO

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top