Futebol Internacional

Presidente do Milan diz que contratação de Paquetá foi um erro

Foto: Reprodução/ Twitter Milan

Não está fácil a situação de Lucas Paquetá no Milan. Com poucas chances na equipe e sem conseguir grandes atuações, o jogador brasileiro não rendeu o esperado pelo time italiano. De acordo com o jornal Tuttosports, o presidente do Milan, Paolo Scaroni, descreveu a contratação do meia como um erro de mercado que “pesou no orçamento”. Além disso o mandatário revelou que pretende negociá-lo.

A reportagem do Esporte News Mundo tentou contato com o empresário de Paquetá, Eduardo Uram, para esclarecer dúvidas sobre uma possível negociação, mas não obteve resposta.

Lucas Paquetá foi comprado pelo Milan em outubro de 2018, por 35 milhões de euros, cerca de R$149 milhões. No entanto, com a falta de espaço no elenco, a imprensa italiana levantou uma possibilidade de o meia ser negociado na próxima janela de transferências. Ainda segundo o veículo, o meia estaria na mira do ex-clube Flamengo, e também do PSG e Benfica.

Paquetá saiu do Flamengo com status de “craque” e despertou esperanças nos dirigentes, porém o jogador não conseguiu demonstrar boa atuação em campo e não chamou atenção do mercado europeu.

Ele chegou ao Milan em 2019. Na primeira temporada, foi destaque do time, mesmo com o clube não se classificando para a Liga dos Campeões da Europa. Na ocasião, atuou em 17 partidas e marcou um gol. Na atual temporada, o ex-jogador do Flamengo vestiu a camisa do clube italiano em 20 oportunidades. Porém, não convenceu o técnico Stefano Pioli de que merece ser titular da equipe Rossonero.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo