Futebol Internacional

Projetando a final da Nations League, Deschamps cita ponto forte da Espanha

FOTO: DIVULGAÇÃO / SELEÇÃO FRANCESA

Buscando o título da Nations League, a França entra em campo neste domingo (10), para encarar a Espanha, na grande decisão do torneio. Atual campeã mundial, a seleção francesa tem um certo favoritismo para o jogo, diante de uma seleção espanhola recheada de jogadores jovens. Apesar disso, a expectativa é por um jogo bastante equilibrado em Milão. Para tentar superar a Espanha, o técnico Didier Deschamps já analisou o principal ponto forte do adversário.

O treinador francês destacou que assistiu a semifinal aonde os espanhois venceram a Itália por 2 a 1 e percebeu a manutenção de uma característica histórica da Espanha: a posse de bola. Para Deschamps, a França precisa estar muito atenta ao estilo de jogo do adversário para não ser surpreendida, mesmo diante de um adversário com muitos jogadores jovens.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

— Assisti ao jogo contra a Itália e vi uma Espanha de muito força, que sempre teve essa capacidade de manter a posse de bola e cansar o adversário. Independentemente dos jogadores, mesmo que sejam jovens, existe esta capacidade de segurar a bola com muita categoria. Devemos também ser eficientes contra eles. Luis Enrique segue a tradição de seus antecessores com a habilidade de manter esta seleção espanhola sempre em alto nível. Há um título em jogo e é importante conquistá-lo — analisou Deschamps.

O título da Nations League também será importante para recuperar o moral da seleção franesa, que foi eliminada nas oitavas de final da Eurocopa, diante da Suíça. Mesmo entrando como favoritos na competição, os atuais campeões mundiais não conseguiram alcançar fases mais decisivas do torneio continental. Assim, um bom desempenho na Nations coloca os franceses novamente com uma boa confiança para conquistar mais uma Copa do Mundo.

A França chegou à decisão da Nations League após superar a Bélgica por 3 a 2. Os franceses foram para o intervalo perdendo por 2 a 0, mas garantiram a virada na segunda etapa. Já a Espanha conseguiu superar a Itália, anfitriã dessa fase final da compeição. A grande decisão da competição continental terá início às 15h45 (de Brasília).

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top