Automobilismo

Próximo da Fórmula 1? Nikita Mazepin conversa com equipes para possível estreia em 2021

(Photo by Bryn Lennon/Getty Images)
— Continua depois da publicidade —

O piloto russo de Fórmula 2, Nikita Mazepin, está de olho em uma das vagas disponíveis no grid da Fórmula 1 para a temporada do ano que vem. De acordo com o site Motorsport, Mazepin estaria contando com o apoio do pai, dono e presidente de uma empresa de fertilizantes com uma fortuna avaliada em R$39 bilhões.

A informação trazida pelo jornalista Roberto Chincero é de que Mazepin teria se reunido com a Hass, e com outras equipes, neste último domingo, no autódromo de Sochi. O caminho na escuderia americana, talvez, seja o mais próximo, já que Guenther Steiner, chefe de equipe, admitiu estar observando cerca de mais de dez pilotos – entre eles, os atuais donos das posições Romain Grosjean e Kevin Magnussen.

Na F2, Nikita Mazepin corre pela Hitech Gran Prix e, atualmente, ocupa a sexta colocação no mundial de pilotos com 140 pontos. Na temporada, o piloto já venceu duas corridas, em Silverstone e Mugello. Com 33 pontos na superlicença, o piloto precisa apenas terminar o campeonato em sétimo lugar para conseguir o documento que assegura sua participação na Fórmula 1.

Nikita já teve o nome vinculado à F1 entre os anos de 2016 e 2018, quando passou por testes na, então, Force India, atual Racing Point. No ano passado, o russo ainda participou de um dia de testes da Mercedes. Caso assuma uma vaga na F1 em 2021, este seria o quarto piloto pagante no grid. Além de Nikita, a Fórmula 1 conta com os canadenses Lance Stroll, da Racing Point, e Nicholas Latifi da Williams e o inglês Lando Norris, da McLaren.

Siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top