Futebol Internacional

PSG quer ganhar a concorrência por Rafael Leão, diz jornal

Foto: Divulgação / Milan

Com apenas 22 anos, o atacante português Rafael Leão conseguiu grande destaque pelo Milan na atual temporada. O bom momento do atleta, somado ao rendimento positivo da equipe, poderá ser coroado, no final do Campeonato Italiano, com o título nacional. A boa fase de Rafael Leão vem fazendo o atleta ser alvo de grandes clubes e, de acordo com o jornal “Corriere dello Sport”, o Paris Saint-Germain deve investir pesado para ganhar a disputa.

O Milan tem contrato com Rafael Leão até junho de 2024 e não pretende se desfazer do jogador. Tendo a Liga dos Campeões para disputar na próxima temporada, os italianos sabem da importância que será ter o português no elenco, principalmente pelas quedas técnicas de Zlatan Ibrahimovic e Olivier Giroud. Apesar disso, uma boa proposta poderá ser o suficiente para convencer os italianos.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Com base nas informações do site “Transfermarkt”, especializado no mercado de transferência do futebol europeu, o valor de Rafael Leão gira em torno dos 50 milhões de euros (cerca de R$ 269 milhões na cotação atual). O PSG, por sua vez, pretende investir 70 milhões de euros (R$ 377 milhões) para superar qualquer concorrência pelo atacante.

Mesmo que o projeto para a próxima temporada não esteja completamente definido, a diretoria do clube francês vem buscando melhorar a qualidade do elenco. Rafael Leão poderá ser importante principalmente se a saída de Kylian Mbappé para o Real Madrid for confirmada. O técnico Maurício Pochettino também ainda não está garantido para a próxima temporada e a chegada de um novo técnico significa um outro tipo de planejamento.

No Milan desde 2019/20, quando deixou o Lille, Rafael Leão vem evoluindo no futebol italiano e melhorando os seus números. Na atual temporada o jogador marcou 13 gols em 40 jogos disputados. Além disso, o português contribuiu com nove passes decisivos.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top