Futebol Internacional

PSG tem problemas no ataque para jogo que pode definir a liderança do Campeonato Francês

FOTO: DIVULGAÇÃO / PSG

O Paris Saint-Germain conseguiu encurtar a distância para a liderança do Campeonato Francês no último sábado (27), quando goleou o Dijon, fora de casa, por 4 a 0. O resultado positivo somado ao empate do Lille diante do Strasbourg, fez o time da capital francesa ficar com apenas dois pontos de desvantagem para o líder (59 a 57 pontos). Assim, o PSG pode assumir a liderança já nesta quarta-feira (03), quando encara o Bordeaux. Mas o técnico Maurício Pochettino vai ter problemas para armar o ataque.

O treinador argentino já tem convivido com o desfalque de Neymar, que se lesionou no começo de fevereiro, no duelo diante do Caen. Além do brasileiro, Di María também está entregue ao departamento médico e não poderá ajudar o clube nesse momento importante. O PSG tem contado com o bom momento de Mbappé para superar os adversários, mas até mesmo o jovem francês, suspenso, será ausência contra o Bordeaux.

Além das importantes baixas no setor ofensivo, Pochettino também terá problemas para armar o meio campo, já que Marco Verratti também está lesionado e não terá condições de jogo. Entretanto, nem todas as notícias são ruins para o PSG, já que Paredes e Icardi voltam a ficar disponíveis.

Desta forma, a expectativa é de que o Paris tenha uma dupla de ataque italiana para tentar furar o sistema defensivo do Bordeaux. Além de Icardi, que retorna após gastroenterite, Moise Kean seguirá na equipe titular. O jogador marcou quatro gols nas últimas cinco partidas da equipe e vem se consolidando como um jogador importante na formação de Maurício Pochettino.

Para assumir a liderança do Campeonato Francês, o Paris Saint-Germain terá que vencer o Bordeaux, fora de casa, e ficar na torcida para que o Lille, que recebe o Olympique de Marselha, não vença. Os dois jogos acontecem nesta quarta-feira (03), às 17hs (de Brasília).

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top