Mais Esportes

Qualifying do Australian Open deverá ser disputado no Oriente Médio

Dubai Duty Free Tennis Stadium/Divulgação

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, o Australian Open deverá retornar a sediar a sua fase de qualifying no Oriente Médio. Segundo fontes do circuito, a chave feminina será disputada em Abu Dhabi e a masculina em Dubai. A federação australiana de tênis (Tennis Australia) organizadora do Major ainda não se pronunciou oficialmente, mas existe boatos e a intenção repetir a estratégia do ano passado.

Apenas os que se classificassem para a chave principal viajariam para Melbourne em um voo fretado, evitando a entrada e circulação de mais pessoas no país. A primeira fase do torneio deve ser disputada no final de dezembro, próximo do Natal.

Os tenistas que disputarão o primeiro Grand Slam deverão obrigatoriamente passar por uma quarentena quando chegar ao país. A bolha sanitária feita pelo torneio causou algumas polêmicas esse ano. Mas de acordo com o diretor do evento, Craig Taylor, a restrição será mais branda para 2022, principalmente para os já vacinados que terão um tratamento mais “flexível”.

A presença dos fãs ainda é uma incógnita. A direção do torneio em cooperação com as autoridades de saúde governamentais estão trabalhando para confirmar posteriormente como será a liberação do público nas quadras. Segundo a imprensa do australiana, o país planeja ter 80% da população adulta vacinada ainda esse ano.

Após ser adiado para o dia 8 de fevereiro nessa temporada, o Aberto da Austrália está confirmado para iniciar no dia 17 de janeiro de 2022. O sérvio Novak Djokovic defenderá o título na chave masculina, enquanto a japonesa Naomi Osaka, que ainda tem sua presença insertada é a atual campeã no feminino.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top