Lutas

Quem é Brandon Moreno, rival de Deiveson Figueiredo no UFC 263?

Brandon Moreno
(Créditos: Diego Ribas via Imago Images)

Neste sábado (12), Deiveson Figueiredo colocará mais uma vez o cinturão dos moscas em disputa. Uma das atrações do UFC 263, o brasileiro terá pela frente o mexicano Brandon Moreno, com quem empatou na primeira luta entre ambos, em dezembro passado.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Moreno talvez não seja um dos grandes nomes do Ultimate no momento e chega com a difícil missão de tentar barrar a ascensão de popularidade do ‘Deus da Guerra’. Para os que ainda não conhecem direito o adversário do brasileiro, o Esporte News Mundo irá contar um pouco da história daquele apelidado de ‘The Assassin Baby’ (O Bebê Assassino).

Quem é Brandon Moreno?

Nascido em Tijuana, na fronteira do México com o estado da Califórnia, Moreno começou sua trajetória nas lutas de modo um tanto incomum, começando a treinar artes marciais para perder peso e ficar em forma. Desde então, decidiu por seguir a carreira no mundo das lutas e não deixou mais o esporte.

Treinando na Entram Gym, localizada em Tijuana, o lutador iniciou sua carreira profissional nas artes marciais mistas em eventos de seu país, em 2011, vencendo a Atiq Jihaid. Mas nos primeiros confrontos, alternou vitórias e derrotas que o levaria a fazer parte do reality show ‘The Ultimate Fighter’.

Derrota no TUF, vitórias no UFC

O TUF 24 reuniu vários campeões peso-mosca de organizações de MMA a fim de dar ao então campeão Demetrious Johnson um desafiante de peso. Moreno fez apenas uma luta no reality, sendo derrotado pelo também brasileiro Alexandre Pantoja. Mas sua performance foi suficiente para ter uma vaga ‘direta’ no UFC, onde estreou ainda em 2016, batendo Louis Smolka por finalização.

O começo do ‘The Assassin Baby’ foi bom, com três vitórias, mas derrotas para Sergio Pettis e novamente Pantoja o levaram para fora do Ultimate. Mas após vencer no LFA a Maikel Perez, o mexicano voltou a figurar como contratado do Ultimate, empatando em seu retorno com Askar Askarov e daí, encaixando três vitórias consecutivas.

O caminho até o campeão

Kai Kara-France, Jussier Formiga e Brandon Royval foram os rivais os quais Brandon Moreno bateu para ter a chance de encarar Deiveson Figueiredo pelo título. Na primeira luta, disputada em dezembro no UFC 256, o mexicano foi adversário duro para o brasileiro, aguentando forte a pressão do paraense e levando a luta para um empate.

Empate este que rendeu-lhe a revanche do sábado e a chance de poder colocar em mãos o cinturão do peso-mosca e dar ao México um título do UFC, algo inédito para um país apaixonado por lutas e com grande sucesso no boxe.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top