Fluminense

Questionado, Felippe Cardoso dá dinâmica ao ataque e pode ganhar mais chances no Fluminense

Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Com a saída de Evanilson, que foi negociado com o Porto, de Portugal, o Fluminense ficou sem centroavante. No entanto, na derrota por 1 a 0 sobre o Sport, na Ilha do Retiro, no último domingo, pelo Campeonato Brasilero, Odair Hellmann já pode pensar em um nome. Questionado e muito criticado pela torcida, Felippe Cardoso entrou bem nos 45 minutos dentro de campo e pode ganhar mais chances no time tricolor. 

Felippe Cardoso chegou ao Fluminense no início da temporada, mas por conta das peças já encaixadas no ataque não era aproveitado. Antes da saída de Evanilson, o atacante fez seis partidas, com um marcado diante do Bangu pelo Campeonato Carioca. 

Com a saída de Evanilson, o Fluminense ficou sem ter um centroavante. Para tentar encaixar um jogador no setor, Odair Hellmann já utilizou Nenê como falso 9, porém não funcionou. Em seguida, Luiz Henrique foi o jovem a ser testado e conseguiu mostrar alguma evolução na parte ofensiva. Felippe Cardoso havia entrado no final das partidas, como por exemplo nos duelos diante do São Paulo e Corinthians, porém pouco tempo para tentar valorizar o seu futebol.

Diante do Sport, Felippe Cardoso mudou completamente o ataque do Fluminense quando entrou na segunda etapa. No primeiro tempo, o Flu conseguiu a maior posse de bola, mas com pouca agressividade. Na etapa complementar, Felippe saiu do banco para entrar no lugar do jovem volante André. Com um homem de referência, o Fluminense conseguiu pressionar a saída de bola do Sport. Foi o que aconteceu. O Leão ficou sufocado e pouco saiu aos contra-ataques. 

Além de conseguir 74% de posse de bola, a equipe de Odair Hellmann chutou 19 vezes ao gol do inspirado Luan Poli. Felippe Cardoso foi bem ao fazer os pivôs, boa movimentação para as infiltrações dos pontas e mostrou consistências nos passes. Porém, as chances foram desperdiçadas. O comandante do Fluminense certamente vai utilizar o atleta com mais frequência e pode fazer isso diante do Atlético-GO na quinta-feira pela Copa do Brasil. 

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top